HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #7201  
Old Posted Nov 27, 2020, 5:50 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Mas não é bem visto pelos esquerdopatas, alegam que é obrigação estatal, mesmo não tendo dinheiro o estado é obrigado.
Reply With Quote
     
     
  #7202  
Old Posted Nov 30, 2020, 12:25 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Complexo educacional de R$ 38 milhões para o Guará



Pioneira no DF, unidade vai abrigar cerca de 4 mil alunos do ensino infantil ao médio. Recursos virão do Ministério da Educação


O Guará vai ganhar um complexo educacional onde funcionarão uma creche e três escolas públicas. Primeiro do tipo no Distrito Federal, o projeto vai custar R$ 38 milhões e o GDF conta com um financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e de emendas parlamentares para tirá-lo do papel. As novas unidades vão oferecer 3.924 novas vagas na rede pública.

Serão erguidos, lado a lado, um Centro de Educação Infantil, que atende crianças de zero a três anos, com 376 vagas; uma Escola Classe, que oferece turmas do 1º ao 5º ano, com 868 vagas; um Centro de Ensino Fundamental, que vai do 6º ao 9º ano, com 1,4 mil vagas; e, um Centro Educacional, destinado aos alunos do ensino médio, com 1.280 vagas.

“A ideia é que o aluno entre na creche e só saia para ir para a faculdade”, afirma a administradora do Guará, Luciane Quintana. Duas quadras de esportes cobertas também compõem o complexo educacional.

As escolas serão construídas em um terreno pertencente ao GDF de 60 mil metros quadrados na QE 23 do Guará II, atrás da Unidade Básica de Saúde (UBS) 2. “O terreno fica em uma área central, na entrada da cidade, de fácil acesso com transporte público”, diz Luciane.

O coordenador da Regional de Ensino do Guará, Leandro Andrade, defende a proposta inovadora de ter escolas de diferentes séries no mesmo terreno. Segundo ele, o projeto favorece a mobilidade dos alunos. “Nenhum aluno gosta de mudar de escola”, destaca.

A ideia é que o aluno entre na creche e só saia para ir para a faculdade

Luciane Quintana, administradora do Guará

As escolas serão construídas em um terreno do GDF de 60 mil metros quadrados na QE 23 do Guará II, atrás da Unidade Básica de Saúde (UBS) 2

Parceria com legislativo

Para viabilizar a construção do complexo – cuja previsão de obra está em torno de dois anos – o governo conta com a ajuda de parlamentares para destinação de emendas.

O deputado federal Júlio César e o distrital Rodrigo Delmasso encabeçam a lista dos interessados em contribuir. Ambos já acompanharam representantes do GDF em reuniões na sede do FNDE para tratar do financiamento do complexo educacional do Guará.

Quando os recursos forem liberados, o GDF vai começar o processo licitatório para contratar uma empresa para tocar as obras – o que deve ficar a cargo da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

Para o secretário de Educação, Leandro Cruz, o complexo educacional é um projeto ousado de ampliação da nossa rede pública. “Estamos empenhados em tirá-lo do papel e acredito muito no potencial desse tipo de estrutura. Acho que ela tem tudo pra nos ajudar a virar o jogo na educação, para mudar o futuro dos nossos jovens”, afirma.

Os novos colégios vão suprir uma demanda futura da rede pública. De acordo com o coordenador da Regional de Ensino do Guará, no início do ano letivo de 2020, houve uma procura pelas escolas públicas da cidade de 200 alunos além das vagas oferecidas pela Regional.

Esses estudantes ficariam fora da escola se não fosse reforço de novas salas de aula nas 21 escolas da Regional de Ensino. “Adaptamos os espaços e todos acabaram matriculados”, conta Andrade.

Com a pandemia, porém, a Secretaria de Educação espera um aumento pela procura nas escolas públicas. Leandro conta que desde a abertura do período de inscrições na rede pública, só no Guará, pelo menos mais mil alunos de fora da rede pública, demonstraram interesse em uma vaga em uma unidade de ensino da rede.

O FNDE também vai destinar recursos para a construção de uma creche, a primeira pública, no SIA. Os investimentos são da ordem de R$ 2,7 milhões. A construção deve começar em 2021 e a expectativa é que o local atenda 376 crianças.

Segundo a administradora do SIA, Luana Machado, a prioridade das vagas será das mulheres que trabalham nas empresas da região. “Essa é uma grande conquista, é um sonho que está se realizando. Uma das grandes dificuldades da mães que trabalham fora é ter com quem deixar seus filhos, que terão um lugar seguro para as crianças perto do trabalho. Estamos muito felizes em fazer parte disso”, afirmou.




https://agenciabrasilia.df.gov.br/20...-para-o-guara/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #7203  
Old Posted Nov 30, 2020, 12:47 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Será que estão tentando reativa o projeto de escolas parques? Aonde todas as escolas desde a infância até a adolescência, os alunos estudariam próximos de onde reside. Mas creio que não é o mesmo conceito.
Reply With Quote
     
     
  #7204  
Old Posted Nov 30, 2020, 1:20 AM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,634
Essa área ficará bem servida de serviços públicos. Hospital Regional, Complexo Educacional e a Escola Técnica do Guará.
Reply With Quote
     
     
  #7205  
Old Posted Nov 30, 2020, 1:53 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Essa área ficará bem servida de serviços públicos. Hospital Regional, Complexo Educacional e a Escola Técnica do Guará.
Fora UPA, SAMU, mas.... já irão inaugurar saturados, pois adivinha quem irá atender? Moradores do Guará, sem chance.... serão os moradores da Estrutural que não tem nada lá.
Reply With Quote
     
     
  #7206  
Old Posted Nov 30, 2020, 4:37 PM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,634
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Fora UPA, SAMU, mas.... já irão inaugurar saturados, pois adivinha quem irá atender? Moradores do Guará, sem chance.... serão os moradores da Estrutural que não tem nada lá.
Normal. Em todo o DF é assim, principalmente na área da saúde e educação.
Reply With Quote
     
     
  #7207  
Old Posted Nov 30, 2020, 7:09 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Normal. Em todo o DF é assim, principalmente na área da saúde e educação.
Agora em vez de construir no Guará, porque não construir na Estrutural, vai forçar a vinda de alunos de ônibus longe de onde moram.
Reply With Quote
     
     
  #7208  
Old Posted Dec 4, 2020, 3:22 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Grupo Neoenergia vence leilão da CEB Distribuição


Grupo ofereceu os R$ 2,5 bilhões pretendidos pelo GDF; horas antes, Justiça do DF concedeu limiar para suspender a privatização


O consórcio Bahia Geração de Energia, do Grupo Neoenergia, ofereceu a melhor proposta e venceu o leilão da CEB Distribuição, realizado nesta sexta-feira (4), na Bolsa de Valores de São Paulo. O grupo ofereceu os R$ 2,5 bilhões pretendidos pelo Governo do Distrito Federal.

A vitória foi acirrada. A Bahia Geração de Energia ofereceu R$ 2.515.000,000,00, contra R$ 2.508.000.000,00 da CPFL Comercialização de Energia. A Equatorial Participações e Investimentos ofereceu R$ 1.485.052.410,00. A informação foi antecipada pelo jornalista Brunno Melo, da CBN.

Sendo assim, na teoria, a Bahia Geração de Energia é a nova detentora da CEB Distribuição. Agora, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) avaliará o nome da vencedora. Depois, a empresa deve assinar contrato de compra e venda com a Companhia Energética de Brasília (CEB).

Justiça tenta barrar

Por volta de 22h de quinta (3), a desembargadora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) Fátima Rafael concedeu liminar para suspender a privatização. Na visão da magistrada, o processo não pode prosseguir sem que haja uma prévia legislação autorizando a venda.

A decisão da desembargadora atende solicitação de deputados distritais, federais e senadores do DF. Os parlamentares afirmam que a Câmara Legislativa (CLDF) precisa aprovar a privatização. A deputada Paula Belmonte (Cidadania), por exemplo, afirma ser a favor da concessão, mas acredita que falta transparência no processo.

A CEB defende que não é preciso que a CLDF analise a situação porque o Supremo Tribunal Federal (STF) autoriza a venda de subsidiárias de estatal sem passar pelo Legislativo. A desembargadora, no entanto, afirmou, na decisão, que a CEB Distribuição é “maior do que a própria controladora”. Isto é, a CEB Distribuição seria maior que a CEB e, por isso, não se encaixa como subsidiária, na prática.





https://jornaldebrasilia.com.br/cida...-distribuicao/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #7209  
Old Posted Dec 4, 2020, 3:51 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
O mimimi começou... Eu morri de rir quando falaram que a tarifa da ENEL é mais cara do que de Brasília, mas não é que eu pago menos da ENEL em goiás do que pago aqui no DF...
Reply With Quote
     
     
  #7210  
Old Posted Dec 4, 2020, 11:38 PM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,634
Não sei se a tarifa é mais cara, mas, as contas aumentaram absurdamente após a privatização em Goiás. Meu irmão mora em Valparaíso e paga quase 400,00 de energia e não tem quase nada para consumir tanta energia. Já aqui em Santa Maria, pago 250,00 com ar-condicionado e freezer independente ligados 24h.

Outro detalhe, a iluminação pública no entorno é um lixo e não melhorou absolutamente nada com a privatização.

Privatização com monopólio não é nada bom.
Reply With Quote
     
     
  #7211  
Old Posted Dec 5, 2020, 12:47 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Não sei se a tarifa é mais cara, mas, as contas aumentaram absurdamente após a privatização em Goiás. Meu irmão mora em Valparaíso e paga quase 400,00 de energia e não tem quase nada para consumir tanta energia. Já aqui em Santa Maria, pago 250,00 com ar-condicionado e freezer independente ligados 24h.

Outro detalhe, a iluminação pública no entorno é um lixo e não melhorou absolutamente nada com a privatização.

Privatização com monopólio não é nada bom.
Mas o valor cobrado é definido pela Aneel, então o valor cobrado tem que ser o estipulado pela Aneel.
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #7212  
Old Posted Dec 5, 2020, 1:40 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
Mas a enel está quase perdendo a concessão pelo mal serviços prestados.
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #7213  
Old Posted Dec 6, 2020, 9:10 PM
MikeVonJ's Avatar
MikeVonJ MikeVonJ is offline
Am I bovvered?
 
Join Date: Sep 2011
Location: Brasilia
Posts: 433
O mais correto seria existir concorrência. Não adianta nada privatizar se há reserva de mercado e monopólio. O consumidor teria que escolher a melhor empresa pra fornecimento de energia e isso geraria concorrência que geraria mais qualidade e menor preço.
Reply With Quote
     
     
  #7214  
Old Posted Dec 7, 2020, 12:27 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Quote:
Originally Posted by MikeVonJ View Post
O mais correto seria existir concorrência. Não adianta nada privatizar se há reserva de mercado e monopólio. O consumidor teria que escolher a melhor empresa pra fornecimento de energia e isso geraria concorrência que geraria mais qualidade e menor preço.
Mas como existiria, se não tem como várias empresas forneceres eletricidade, pois a outra fornecedora teria que construir uma rede do zero.

O mesmo diz respeito a rede de gás canalizado... Não tem como passar várias redes de gás ao mesmo tempo até chegar no cliente final.
Reply With Quote
     
     
  #7215  
Old Posted Dec 17, 2020, 10:14 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,472
PIB per capita do DF é quase três vezes maior do que o do Brasil


Dados apresentados ontem pelo IBGE e pela Codeplan revelaram que o indicador de Brasília ficou quase três vezes acima do resultado médio do país, em 2018. Além disso, o DF teve o terceiro maior Produto Interno Bruto do Brasil

O Produto Interno Bruto (PIB) per capita do Distrito Federal ficou quase três vezes acima do verificado na média brasileira. O indicador é resultado da divisão do valor de todos os bens e serviços produzidos em uma região pelo total de habitantes dessa área. Enquanto, na capital do país, o índice ficou em R$ 85,66 mil no ano, o valor médio nacional foi de R$ 32,75 mil. Os dados, apresentados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), referem-se a 2018, comparado com 2017.



O levantamento revelou que Brasília ocupa o 99º lugar entre os municípios com os 100 maiores PIBs per capita do país. Em primeiro lugar, aparece Presidente Kennedy (ES), com resultado de R$ 583 mil. Os dados mostraram, ainda, que Brasília está como terceira colocada no ranking das maiores economias municipais do Brasil. No período considerado, a capital federal teve PIB estimado em R$ 254,8 bilhões — equivalente a 3,6% do nacional — atrás apenas de São Paulo (R$ 714,7 bilhões) e do Rio de Janeiro (R$ 364 bilhões).

Professor do Departamento de Economia da Universidade de Brasília (UnB), Carlos Alberto Ramos explica que o DF se destaca na economia nacional principalmente por causa do setor público federal, levando em consideração os vencimentos dos servidores. “São salários altos, logo, a renda por pessoa é uma das mais altas do país. Por isso, o DF vai sempre se destacar. Mas é preciso ter um ajuste, porque, hoje, a pandemia afetou diversos setores. Sendo assim, Brasília precisa encontrar outro misto de dinamismo econômico para se manter”, avalia o especialista.

Na região Centro-Oeste, a participação do PIB de Brasília foi de 36,67%, sendo a maior desse território. Em seguida, aparecem Goiânia (GO), com 7,10% de peso nessa área, e Campo Grande (MS), com 4,2%. Para a diretora de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas da Codeplan, Clarissa Jahns Schlabitz, o levantamento revela que Brasília ganha destaque econômico como município. “Competimos com São Paulo, que tem 18 milhões de habitantes. Somos 3 milhões e ainda temos a capacidade de gerar um PIB alto por habitante”, destaca.

Ride

Nos dados referentes à Região Integrada do Distrito Federal (Ride-DF) — grupo composto pelo DF, além de 33 municípios de Goiás e Minas Gerais —, Brasília teve a maior participação no PIB de 2018, com R$ 254,82 bilhões. O montante equivale a 89,9% alcançado por toda a área. Luziânia (GO) ficou em segundo lugar, com R$ 3,58 bilhões e participação de 1,3%, seguida por Unaí (MG), com PIB de R$ 3,26 bilhões (1,1% do total).

No quadro geral, os números mostraram que quase metade do PIB brasileiro, em 2018, ficou sob responsabilidade de 71 cidades — apenas 1,3% de um total de 5.570. No entanto, para o analista de Contas Nacionais do IBGE, Luiz Antônio de Sá, a concentração da economia em poucas localidades tem caído. Ele acrescenta que, em 2020, 48 delas concentravam quase metade do PIB do país (49,9%). “A ampliação do número de municípios entre 2002 — ano de início da série histórica — e 2018 permite identificar a tendência à desconcentração, com municípios de menor PIB ganhando na participação em relação aos de maior”, compara.





https://www.correiobraziliense.com.b...do-brasil.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #7216  
Old Posted Dec 18, 2020, 6:20 PM
Observerbsb Observerbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Dec 2011
Posts: 33
Nova sede do Sesc e do Senac são anunciadas durante festividades da Fecomércio

Diretores, presidentes de sindicatos, empresários e colaboradores celebraram o aniversário de 50 anos da Fecomércio-DF em almoço realizado nesta quarta-feira (16), na sede do Sesc, em Ceilândia. Durante a cerimônia, o presidente da Federação, Francisco Maia, destacou algumas novidades para o Sistema Comércio da capital do País: foi assinado um documento de aquisição da nova sede do Senac, na Asa Norte, e anunciada a construção da uma nova sede do Sesc, no Lago Sul, próximo à ponte JK – será construído um polo de lazer, cultura, educação e saúde, com inauguração prevista para o dia 5 de dezembro de 2021.

A nova sede do Senac terá mais espaço, mais vagas e um ambiente muito mais moderno. As instalações possuem alto padrão. Ainda durante a cerimônia de aniversário da Federação, Francisco Maia lembrou do fundador da entidade, Newton Rossi, e da sua paixão por Brasília. Ele também agradeceu ao empenho dos funcionários e destacou o trabalho realizado por sua gestão, que teve início em 2019, com grandes realizações, dando protagonismo aos sindicatos filiados e associados à Federação, com muito mais espaço nas tomadas de decisões e nas estruturas do Sesc e do Senac.

Link: https://www.fecomerciodf.com.br/nova...fecomercio-df/
Reply With Quote
     
     
  #7217  
Old Posted Dec 18, 2020, 6:54 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Quote:
Originally Posted by Observerbsb View Post
Diretores, presidentes de sindicatos, empresários e colaboradores celebraram o aniversário de 50 anos da Fecomércio-DF em almoço realizado nesta quarta-feira (16), na sede do Sesc, em Ceilândia. Durante a cerimônia, o presidente da Federação, Francisco Maia, destacou algumas novidades para o Sistema Comércio da capital do País: foi assinado um documento de aquisição da nova sede do Senac, na Asa Norte, e anunciada a construção da uma nova sede do Sesc, no Lago Sul, próximo à ponte JK – será construído um polo de lazer, cultura, educação e saúde, com inauguração prevista para o dia 5 de dezembro de 2021.

A nova sede do Senac terá mais espaço, mais vagas e um ambiente muito mais moderno. As instalações possuem alto padrão. Ainda durante a cerimônia de aniversário da Federação, Francisco Maia lembrou do fundador da entidade, Newton Rossi, e da sua paixão por Brasília. Ele também agradeceu ao empenho dos funcionários e destacou o trabalho realizado por sua gestão, que teve início em 2019, com grandes realizações, dando protagonismo aos sindicatos filiados e associados à Federação, com muito mais espaço nas tomadas de decisões e nas estruturas do Sesc e do Senac.

Link: https://www.fecomerciodf.com.br/nova...fecomercio-df/
Estão reativando o projeto ao lado do Mangai/Nau nas proximidades da ponte JK. Finalmente vai dar um up na região, apesar que o Projeto Orla na região, estão desvirtuando o projeto que era para ter exclusivamente bares, restaurantes, café e lanchonete e deixando instalar empresas que não tem nada haver com gastronomia e entretenimento.








Fonte: https://skyscraperpage.com/forum/sho...d.php?t=208793

Last edited by pesquisadorbrazil; Dec 18, 2020 at 7:08 PM.
Reply With Quote
     
     
  #7218  
Old Posted Dec 18, 2020, 10:46 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Bomba, Terracap perde ação e pode ter prejuízo de 4 bilhões....

Terracap perde ação de 4 bi e pode ir à falência


Izídio Santos Jr e Júlio César de Azevedo Reis, respectivamente presidente e diretor de comercialização da Terracap, vão fazer das tripas coração para tentar livrar da falência a dona das terras de Brasília.

A preocupação se justifica. Afinal, a estatal acaba de perder uma causa no valor estimado em 4 bilhões de reais, a preços de 2010. As terras – que a Terracap comercializou ao seu bel prazer como se dona fosse – pertencem na realidade ao espólio de Joaquim Marcelino de Souza.

A decisão foi tomada nesta quinta, 10, pela Quinta Turma do Tribunal Regional Federal da 1a Região do Distrito Federal. Por unanimidade, os magistrados mantiveram a indisponibilidade de 104,991 alqueires da Fazenda Brejo ou Torto, na Região Administrativa do Lago Norte.

O Lago Norte, junto com o Lago Sul, é uma das regiões mais nobres da capital da República. No caso específico da área da família Marcelino de Souza, a Terracap vendeu verdadeiros filões às margens do Paranoá, além de constituir ao longos dos últimos anos condomínios residenciais com lotes vendidos a preço de ouro, a exemplo do Setor Residencial Taquari.




Fonte: https://www-notibras-com.cdn.ampproj...-falencia/amp/

Last edited by pesquisadorbrazil; Dec 19, 2020 at 1:09 AM.
Reply With Quote
     
     
  #7219  
Old Posted Dec 19, 2020, 1:10 AM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,634
Eu quero é novidade. Não é de hoje que órgãos do governo vendem ou doam o que não são deles.

Eu acredito que a Terracap não vai falir, mas, sabemos muito bem quem vai pagar essa conta.
Reply With Quote
     
     
  #7220  
Old Posted Dec 19, 2020, 1:12 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 23,731
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Eu quero é novidade. Não é de hoje que órgãos do governo vendem ou doam o que não são deles.

Eu acredito que a Terracap não vai falir, mas, sabemos muito bem quem vai pagar essa conta.
Uai claro que pode falir, pois para fazer caixa, tem que vender terrenos. Imagine 1 ano inteiro de vendas da Terracap só para cobrir o rombo.
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 12:07 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2021, vBulletin Solutions, Inc.