HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #6341  
Old Posted Dec 30, 2016, 11:50 AM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,969
Quote:
Originally Posted by yuri radd View Post
Eu tenho um sentimento dúbio quanto a isso. A cidade mais iluminada fica mais viva e mais segura, mas luz demais é muito ruim pro relógio biológico nosso e dos bichos, e os deixa confusos.
Pensando por esse lado, pode ser.
Reply With Quote
     
     
  #6342  
Old Posted Jan 3, 2017, 5:34 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
PM monitora imagens do centro do Plano Piloto em tempo real


FOTO: AGÊNCIA BRASÍLIA


O videomonitoramento do 6º Batalhão de Polícia Militar (PM) na área central do Plano Piloto ganhou câmeras mais modernas. Antes conectadas por cabeamento comum, agora elas transmitem as imagens por meio de fibra ótica, em tempo real. “Não temos mais aquele pequeno atraso”, destaca o soldado Bezerra, um dos cinco policiais que acompanham atentamente a movimentação na plataforma superior da rodoviária e nos arredores.

Na sala ampla, onde os PMs se revezam para monitorar a região, os novos equipamentos mostram cenas mais nítidas. Mesmo em grandes distâncias, como do Conjunto Nacional ao Setor de Diversões Sul (mais conhecido como Conic), é possível enxergar com clareza detalhes como placas de carro ou características de possíveis suspeitos.

A novidade garante que as ocorrências sejam atendidas com mais rapidez e precisão. “Quando se aumenta a qualidade da imagem, se aumenta a qualidade do policiamento”, pontua Bezerra. O espaço de onde é feito o monitoramento, cedido pelo centro comercial, também ganhou monitores de 48 polegadas, com conversor digital.

Equipamentos permitem tirar e enviar fotos imediatamente
Entre os benefícios da nova tecnologia está a possibilidade de tirar e enviar fotos em tempo real. Assim, quando há algum registro de crime pelos policiais de plantão, as imagens são repassadas imediatamente para as viaturas que respondem ao chamado na rua.

Todos os arquivos são salvos e ficam disponíveis por 15 dias. No entanto, é possível armazenar cenas específicas para serem utilizadas em processos judiciais, por exemplo.

Segundo o coordenador de policiamento do 6º Batalhão, tenente Gleymann, a expectativa é que em duas semanas as imagens possam ser acessadas pelos militares em dispositivos móveis. “Vamos estudar se será viável os policiais acessarem o material nas viaturas, em tablets ou celulares, por exemplo.” De acordo com o tenente, também está previsto que neste ano o monitoramento na área ganhe o reforço de dez câmeras, distribuídas em pontos a serem estudados.

FOTO: AGÊNCIA BRASÍLIA


Sem custo extra para o governo

Esse trabalho da PM não tem custo extra para o governo, já que é uma parceria com o shopping Conjunto Nacional, responsável por ceder a sala e os equipamentos. Para operar a tecnologia, os policiais militares foram treinados pela empresa fornecedora do sistema.

Iniciada há cerca de cinco anos, a cooperação entre a Polícia Militar e o centro comercial foi interrompida em 2013 e retomada em fevereiro de 2015. Além de auxiliar no combate a crimes como roubo, tráfico e furto, a iniciativa ajuda a organizar o trânsito e até na investigação de casos de pessoas desaparecidas.






http://www.alo.com.br/noticias/pm-mo...po-real-381511
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #6343  
Old Posted Jan 3, 2017, 11:42 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,868
Monitora? Piada né. Se fosse em Londres aonde a polícia vê um suspeito querendo pichar, na hora manda sinal por rádio para o policial mais próximo para efetuar a prisão.

Aqui o tempo de mandar sinal por rádio até chegar no suspeito, já se levou horas, pois os policiais irão alegar estarem ocupados com outras "ocorrências".
Reply With Quote
     
     
  #6344  
Old Posted Jan 7, 2017, 11:37 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
GDF PROÍBE ENTREGA DE COMIDAS A MORADORES DE RUA NA RODOVIÁRIA DO PLANO


BUROCRACIA TRAVA AÇÕES SOCIAIS E CARIDADE PARA OS SEM-TETO

FOTO: ABR

AS ONGS NÃO FORAM AVISADAS DA MUDANÇA COM ANTECEDÊNCIA E GEROU INDIGNAÇÃO.


Além das passagens mais caras, o Governo do Distrito Federal anunciou um novo presente nada agradável para os brasilienses. Aqueles que com frequência fazem ações sociais na Rodoviária do Plano Piloto, como entregar roupas e comidas a moradores de rua, agora estão impedidos.

A medida do governador Rodrigo Rollemberg e do secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, é cumprida pelo DFTrans (Transporte Urbano do DF). Se alguém for à noite ou de madrugada à rodoviária e começar a entregar sopas, agasalhos, marmitas, é impedido de continuar o trabalho. Um fiscal do DFTrans avisa que a pessoa precisa de autorização.

A 'autorização' é um contrato para realização de eventos. A pessoa que quer fazer uma ação solidária precisa assinar o termo com inúmeras cláusulas informando os dias em que vai ao local e ainda submeter à avaliação, que pode reprovar o pedido. O texto é aprovado - ou não - pela Secretaria de Mobilidade.

As ONGs não foram avisadas da mudança com antecedência, o que se refletiu em números e causou surpresa e indignação. O diretor de uma entidade, que preferiu não se identificar, disse ao Diário do Poder que o objetivo do DFTrans é "limpar a rodoviária dos moradores de rua". Ele acredita que a medida não vai surtir efeito. "Com ou sem comida, eles vão continuar lá. A culpa não é nossa", declarou.

O Diário do Poder procurou o Palácio do Buriti por um mês para comentar a mudança, mas não teve retorno. A reportagem não conseguiu contato com o DFTrans para explicar o motivo da proibição.










http://www.diariodopoder.com.br/noti...?i=71891379866
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #6345  
Old Posted Jan 7, 2017, 3:43 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,868
"Com ou sem comida eles irão ficar lá"

Uma pinóia... Eles estão lá, porque tem comida grátis oras bolas. Pare de entregar comida, se eles não vão embora.

Uai igual casa de mãe joana, tem comida, roupa lavada, o que eles querem mais...
Reply With Quote
     
     
  #6346  
Old Posted Jan 9, 2017, 10:55 AM
sxsp sxsp is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2014
Posts: 297
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
"Com ou sem comida eles irão ficar lá"

Uma pinóia... Eles estão lá, porque tem comida grátis oras bolas. Pare de entregar comida, se eles não vão embora.

Uai igual casa de mãe joana, tem comida, roupa lavada, o que eles querem mais...

Já paguei muito pastel para morador de rua na Rodoviária. Vão continuar ali com ou sem ajuda. É uma aberração o que o GDF faz proibindo a ajuda, está lembrando São Paulo com o Kassab e agora com o Dória, ação higenista de exclusão e preconceito.
Reply With Quote
     
     
  #6347  
Old Posted Jan 9, 2017, 12:26 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,868
O povo está lá porque.... dinheiro e comida fácil...
Reply With Quote
     
     
  #6348  
Old Posted Jan 9, 2017, 2:27 PM
yuri radd yuri radd is offline
Registered User
 
Join Date: Apr 2013
Posts: 885
Quote:
Originally Posted by sxsp View Post
Já paguei muito pastel para morador de rua na Rodoviária. Vão continuar ali com ou sem ajuda. É uma aberração o que o GDF faz proibindo a ajuda, está lembrando São Paulo com o Kassab e agora com o Dória, ação higenista de exclusão e preconceito.
Uma absurdo mesmo essa gentrificação. Dificultar a caridade é o cúmulo.
Reply With Quote
     
     
  #6349  
Old Posted Jan 9, 2017, 5:08 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,868
Quote:
Originally Posted by yuri radd View Post
Uma absurdo mesmo essa gentrificação. Dificultar a caridade é o cúmulo.
Daqui a pouco vão cobrar pelo ar que respiramos.
Reply With Quote
     
     
  #6350  
Old Posted Jan 9, 2017, 5:25 PM
salengasss salengasss is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 1,531
Regredimos 2000 anos... pra fazer o bem, terá que ser 'as escondidas'. É a Idade das Trevas, né?
Reply With Quote
     
     
  #6351  
Old Posted Jan 9, 2017, 6:17 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,868
Isso se chama erro de planejamento na cidade. Esqueceram que uma cidade sem grades é um prato cheio a bandidagem ou vadiagem.... Tem muitas pessoas que fizeram a opção de morar na rua e não se mete com vícios de qualquer espécie.

Mas tem muitos aproveitadores. Acho que nem se empregasse drones e guarda robótica, seria humanamente impossível policiar a cidade. Se não querem a presença de mendigos na rodoviária, se crise barreiras no lugar oras.
Reply With Quote
     
     
  #6352  
Old Posted Jan 10, 2017, 1:39 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
Concursos locais terão que exigir conhecimentos sobre o DF e Entorno


Alteração em lei prevê questões sobre características étnicas, sociais, geográficas, culturais, políticas e econômicas sobre capital do país

HBR/DIVULGAÇÃO


Os concursos públicos realizados pelo GDF terão que exigir conhecimentos sobre características étnicas, sociais, geográficas, culturais, políticas e econômicas do DF e Entorno. A exigência passa a valer em editais publicados a partir desta terça-feira (10/1), conforme lei promulgada pela Câmara Legislativa.

A nova norma altera a Lei 4.949, de 2012, conhecida por Lei dos Concursos, exigindo, ainda, que sejam cobrados nas provas conteúdos sobre a Lei Orgânica e o Regime Jurídico Único dos Servidores do DF.

REPRODUÇÃO/DODF



Segundo o autor do projeto, deputado Reginaldo Veras (PDT), o intuito da mudança é oferecer um serviço público de qualidade na capital. “Cerca de 40% das pessoas que fazem concurso em Brasília são de outros estados, mas é importante que entendam as circunstâncias da cidade para atenderem a população da melhor forma”, explica.

O parlamentar alega que leis semelhantes já foram implementadas em pelo menos 21 estados. “Quem participa de concursos em outras unidades da Federação sabe que é preciso estudar sobre o local. Não há por que ser diferente aqui”.

O projeto foi promulgado pelos distritais após ter sido vetado pelo governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Ao justificar o veto, o GDF argumentou que a proposta é inconstitucional, já que o assunto é de competência exclusiva do Poder Executivo. Destaca, ainda, que já existe posicionamento firmado pelo Tribunal de Contas (TCDF) sobre o tema em ação direta de inconstitucionalidade.

O Metrópoles entrou em contato com a Secretaria de Planejamento do DF, que ainda não se manifestou.








http://www.metropoles.com/distrito-f...o-df-e-entorno
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #6353  
Old Posted Jan 12, 2017, 6:10 PM
yuri radd yuri radd is offline
Registered User
 
Join Date: Apr 2013
Posts: 885
Quote:
Originally Posted by salengasss View Post
Regredimos 2000 anos... pra fazer o bem, terá que ser 'as escondidas'. É a Idade das Trevas, né?
Só uma correção. Foi na Idade das Trevas (das luzes na verdade) que mais se praticou a caridade.
Reply With Quote
     
     
  #6354  
Old Posted Jan 14, 2017, 9:06 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
ATERRO SANITÁRIO OESTE COMEÇA A FUNCIONAR NA TERÇA-FEIRA


ÁREA PODE COMPORTAR 8,3 MILHÕES DE TONELADAS DE LIXO

FOTO: GABRIEL JABUR/AGÊNCIA BRASÍLIA

A VIDA ÚTIL DO ATERRO FOI ESTIMADA EM 13 ANOS


O aterro sanitário Oeste vai começar a funcionar na próxima terça-feira (17). Local fica entre a Ceilândia e Samambaia.
Na sexta (13) foram feitos testes com o sistema das balanças rodoviárias, que farão a pesagem dos rejeitos que chegam ao local. O transporte será feito por 40 carretas.

A área pode receber diariamente até mil toneladas de lixo, cerca de um terço de todo o lixo que é produzido no Distrito Federal.

O aterro foi projetado para comportar 8,3 milhões de toneladas de lixo. Sua vida útil foi estimada em 13 anos.

A construção da área foi dividida em quatro fases. Nessa primeira fase serão 110 mil metros quadrados de área de aterramento, dividida em quatro células. A primeira tem 44 mil metros quadrados.

O GDF quer construir sete centros de triagem de resíduos sólidos. Os processo de licitação já foram abertos. As obras estão previstas para começar em abril, expectativa é que sejam concluídas em 2018.

Somente depois disso que o aterro controlado do Jóquei, na Estrutural será desativado.









http://www.diariodopoder.com.br/noti...?i=72354703710
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #6355  
Old Posted Jan 15, 2017, 12:12 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,868
Agora eu quero ver desativar o aterro do Jockey e depois recuperar. Ali no antigo aterro dá para aproveitar os gases para energia por exemplo.
Reply With Quote
     
     
  #6356  
Old Posted Jan 15, 2017, 10:48 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
Samu-DF perde recursos federais por causa de falhas e falta de organização


As pendências levaram o DF a ser excluído da lista de 19 unidades da Federação que tiveram a frota renovada pela pasta


Nos 11 anos de existência, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da capital federal vive sua mais grave crise. A situação desandou de tal forma que o Ministério da Saúde suspendeu os repasses mensais de R$ 817,2 mil. Com isso, o Executivo local deixou de embolsar cerca de R$ 9 milhões do governo federal nos últimos 11 meses. As pendências levaram o DF a ser excluído da lista de 19 unidades da Federação que tiveram a frota renovada pela pasta. Todos os estados do centro-oeste receberam o investimento. Se a celeuma não for resolvida, o Samu pode perder o credenciamento ministerial e sofrer sanções ainda mais severas.

Há falhas com formação de escalas, prestação de contas, manutenção dos veículos e divulgação de índices de atendimento. Além disso, a frota do DF é menor do que recomenda o Ministério da Saúde. A Portaria nº 2048 de 2002 preconiza que, para cada 50 mil habitantes, haja uma ambulância do Samu. No DF, cada veículo abrange 78 mil pessoas, ou seja, deficit de 37% ou 21 carros. A cidade conta com 38 ambulâncias, quando deveriam existir pelo menos 59. Uma pessoa morreu por falta de atendimento no ano passado (leia Memória). Por dia, o Samu recebe, em média, 2,6 mil chamadas e faz pelo menos 220 socorros no DF.

A Secretaria de Saúde admite a fragilidade do serviço. Faltam pelo menos 610 servidores e a frota é antiga e pouco econômica — os veículos foram fabricados entre 2010 e 2014. O gasto mensal da pasta com manutenção é de R$ 180 mil. Os custos com combustível chegam a R$ 90 mil. Segundo o governo, há uma emenda parlamentar de senadores e deputados federais eleitos pelo DF para aquisição de 19 carros para este ano, mas não há data definida para a compra. “Há um planejamento para este ano, que, se for cumprido, pode melhorar a situação. Estamos trabalhando para o credenciamento não ser cancelado”, diz o gerente do Samu DF, Rafael Vinhal.






http://www.correiobraziliense.com.br...-organiz.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #6357  
Old Posted Jan 15, 2017, 2:22 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,868
EnrolaUmBeck vai falar da herança de Agnulo querem apostar.
Reply With Quote
     
     
  #6358  
Old Posted Jan 16, 2017, 6:06 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
Servidores da CLDF recebem verba irregular e grupo não quer devolver


Funcionários efetivos com cargos comissionados se beneficiaram de erro no pagamento de férias há um ano. Problema só foi descoberto agora

Divulgação



A Câmara Legislativa pagou um total de R$ 150 mil indevidamente a 56 concursados em cargos comissionados de chefia. Os valores, referentes às férias, caíram nas contas-correntes de 56 servidores em janeiro do ano passado. A falha só foi identificada recentemente, e o grupo terá que ressarcir os cofres da Casa. No entanto, ao menos dois deles se negaram a devolver as cifras. Caso mantenham a postura, poderão ser inscritos na dívida ativa do DF.

Alguns receberam R$ 6 mil irregularmente. Para eles, a CLDF está fechando a opção de parcelar o pagamento da dívida. Todos os servidores que receberam o dinheiro a mais embolsam, além dos respectivos salários, as cifras referentes aos cargos comissionados CL-13, de R$ 8.888,30.

O erro só foi percebido em janeiro deste ano devido à diferença de recursos a serem pagos para os servidores que tiraram férias no início de 2017. O Departamento de Recursos Humanos (DRH), então, iniciou o processo de identificação dos funcionários que se beneficiaram e os notificou.

"O problema já foi descoberto e agora o setor está tomando as devidas providências para corrigir o erro. Vamos identificar os servidores que ainda não acertaram e resolver a questão"
Sandra Faraj (Solidariedade), deputada distrital e primeira-secretária

Mudança no procedimento


A diferença a mais caiu nas contas-correntes dos funcionários por conta de uma mudança na forma como o pagamento das férias era feito. Antes, o DRH, ligado à Primeira-Secretaria da Mesa Diretora, somava um terço de férias do cargo efetivo com o da remuneração do cargo em comissão.

Depois da mudança, o pagamento passou a ser feito em duas folhas diferentes — uma para o valor do cargo efetivo e outra para o cargo em comissão —, mas que resultavam na mesma cifra.

Foi nesse momento que o DRH duplicou o pagamento. Em vez de pagar os valores separadamente, a diretoria repassou o benefício em duplicidade: um no modelo antigo e outro no novo.

Segundo o DRH, a maior parte dos servidores já se comprometeu a devolver os recursos recebidos indevidamente. Alguns até já realizaram o depósito na conta da Câmara Legislativa. Porém, pelo menos dois deles se recusaram a devolver o benefício.

Processo administrativo


O Departamento de Recursos Humanos explicou que esses casos específicos serão enviados à Mesa Diretora, que abrirá um processo administrativo. Se, ainda assim, esses servidores não ressarcirem os cofres da CLDF, os nomes deles serão inseridos na dívida ativa do DF. Caso isso ocorra, eles ficam impedidos, entre outras medidas, de contrair empréstimos bancários.

A primeira-secretária executiva à época e atual responsável pela Terceira Secretaria, Leila Ornellas, argumenta que os processos do DRH não passam pela primeira-secretaria, o que, na visão dela, deveria ocorrer. Mas agora, ela acredita que o problema não vai se repetir. “As distorções no fluxo foram identificadas e, com a nova Mesa Diretora, acredito que tudo será devidamente corrigido”, concluiu.









http://www.edsonsombra.com.br/post/s...volver20170115
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #6359  
Old Posted Jan 16, 2017, 6:07 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
Pra que serve mesmo a CLDF???
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #6360  
Old Posted Jan 17, 2017, 10:20 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
Arrecadação do Detran com multas dispara no DF


Foto: Hugo Barreto


O Departamento de Trânsito do DF (Detran) viu a arrecadação disparar pela primeira vez em três anos. No ano passado, mesmo com aumento de apenas 3,5% no número de infrações cometidas pelos motoristas, a receita de mais de R$ 110 milhões representou crescimento de 13% após dois anos caindo em torno de 21%.

Em 2016, exatas 1.115.059 multas foram aplicadas pelo Detran. Quase metade delas (545.097) foi endereçada aos motoristas apressados que transitaram com velocidade superior à máxima permitida. Essa é uma infração média, gera quatro pontos na carteira e, desde novembro, custa R$ 130,16. Se considerado o valor atualizado, trafegar na velocidade acima da sinalizada na placa rendeu mais de R$ 70 milhões à autarquia.

A infração, mais comum em solo brasiliense, pode causar acidentes e mortes. Pelos cálculos da Organização Mundial da Saúde (OMS), para cada 1% acima da velocidade máxima permitida em determinado trecho, os motoristas estão expostos a possibilidade 3% maior de acidente e até 5% maior de morte.

Entre as outras transgressões que ajudaram a elevar a receita da autarquia no ano passado, desrespeitar o sinal vermelho gerou 39.526 multas, ignorar o uso do cinto de segurança, 50.256, e estacionar em local proibido, 39.526.

Silvain Fonseca, diretor-geral do Detran, garante que os resultados são provenientes do aumento da fiscalização. “Estamos intensificando as operações para diminuir os acidentes, para que as providências sejam tomadas antes de uma tragédia acontecer. Com mais operações, há mais flagrantes”, disse.

Ano passado, a autarquia passou a permitir o pagamento parcelado das multas, o que, somado ao aumento dos valores das infrações pelo governo federal, contribuiu com a alta. “Além disso, 85% da frota foi licenciada. Quem tinha anos de débitos os pagou porque o parcelamento facilitou. Então, tivemos uma parcela maior da população, que, mesmo apertada, conseguiu arcar com os pagamentos”, afirmou o gestor.

Destinação



O artigo 320 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina: a receita resultante da cobrança das multas deve ser aplicada exclusivamente em sinalização, engenharia de tráfego e de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito. Além disso, o código prevê que o mínimo de 5% do valor das multas deve ser depositado, mensalmente, na conta de um fundo de âmbito nacional destinado à segurança e educação de trânsito.

“Diferentemente do que pensam, o dinheiro não entra de uma vez só. Baseado em anos anteriores, fazemos estimativa de orçamento considerando quanto pesa cada atividade. Geralmente fiscalização custa menos e ano passado investimos em sinalização e equipamentos, por exemplo. Com engenharia naturalmente gasta-se mais, assim como educação. Aplicamos em campanhas, ações em escolas, no dia a dia, com fiscalização eletrônica e sinalizações”, expôs Fonseca.

Para onde vai o dinheiro

Com o aumento da arrecadação, também cresceram os investimentos nos três diferentes usos dos recursos. Para educação no trânsito, foi destinado quase 20% do angariado com multas no ano passado. Ao todo, foram R$ 21 milhões, 68% além do fixado em 2015. São consideradas campanhas de educação palestras com temáticas de direção defensiva e legislação de trânsito, por exemplo, e blitze educativas como aquelas que têm, como tema, a associação de direção e bebida e respeito ao ciclista.

A fiscalização recebeu incremento de R$ 10 milhões, apenas 9,65% de todos os recursos obtidos pelas infrações cometidas pelos brasilienses. Apesar de baixo, o valor é 42% superior ao investido no ano anterior.

A menor destinação, porém, foi a engenharia de trânsito. Segundo dados do departamento, R$ 49 milhões foram usados para os serviços de construção, reconstrução ou remoção de quebra-molas, instalação de semáforo, de fiscalização eletrônica e renovação de pinturas. O investimento foi 5,4% superior.

Outros recursos

De acordo com a prestação de contas anual da autarquia, além do valor arrecadado com as infrações de trânsito, o Detran também recebeu em 2016 cerca de R$ 300 milhões referentes a taxas e serviços prestados.

Ao todo, a receita ultrapassou os R$ 410 milhões. A maior parte do valor pagou as despesas com pessoal e com administração geral, que consumiram cerca de R$ 300 milhões. Nisso estão incluídos pagamentos para serviços de gestão das atividades da frota e benefícios pagos a servidores.





http://www.jornaldebrasilia.com.br/c...dispara-no-df/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 3:02 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2023, vBulletin Solutions, Inc.