HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #2001  
Old Posted Jul 30, 2013, 9:00 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 402
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
É simples, anteriormente eles utilizavam outros critérios para a análise de dados do IDH e hoje são outros critérios.

Pode observar isso na evolução do IDH dos países que baixaram muito.
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Isso mesmo, como pode se ver no novo critério de avaliação adotado em 2009.


Critérios de avaliação

A partir do relatório de 2010, o IDH combina três dimensões:
Uma vida longa e saudável: Expectativa de vida ao nascer
O acesso ao conhecimento: Anos Médios de Estudo e Anos Esperados de Escolaridade
Um padrão de vida decente: PIB (PPC) per capita

Até 2009, o IDH usava os três índices seguintes como critério de avaliação:
Índice de educação: Para avaliar a dimensão da educação o cálculo do IDH considera dois indicadores. O primeiro, com peso dois, é a taxa de alfabetização de pessoas com quinze anos ou mais de idade — na maioria dos países, uma criança já concluiu o primeiro ciclo de estudos (no Brasil, o Ensino Fundamental) antes dessa idade. Por isso a medição do analfabetismo se dá, tradicionalmente a partir dos 15 anos.

O segundo indicador é a taxa de escolarização: somatório das pessoas, independentemente da idade, matriculadas em algum curso, seja ele fundamental, médio ou superior, dividido pelo total de pessoas entre 7 e 22 anos da localidade. Também entram na contagem os alunos supletivo, de classes de aceleração e de pós-graduação universitária, nesta área também está incluído o sistema de equivalências Rvcc ou Crvcc, apenas classes especiais de alfabetização são descartadas para efeito do cálculo.

Longevidade: O item longevidade é avaliado considerando a expectativa de vida ao nascer. Esse indicador mostra a quantidade de anos que uma pessoa nascida em uma localidade, em um ano de referência, deve viver. Reflete as condições de saúde e de salubridade no local, já que o cálculo da expectativa de vida é fortemente influenciado pelo número de mortes precoces.

Renda: A renda é calculada tendo como base o PIB per capita (por pessoa) do país. Como existem diferenças entre o custo de vida de um país para o outro, a renda medida pelo IDH é em dólar PPC (Paridade do Poder de Compra), que elimina essas diferenças.


https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%8D...vimento_Humano
Exatamente por isso o próprio PNUD trouxe em seus resultados a revisão das pulicações anteriores (que não corresponde aos números postados).

Comparar dois dados com metodologias diferentes, quando o próprio órgão já atualizou publicações antigas, é uma forma de manipular o resultado.

Segundo os dados atualizados, esse é o mapa plotado:



Tonalidades vermelhas são municípios com indices muito baixos, laranja baixo, amarelo médio, verde alto e azul muito alto.
Reply With Quote
     
     
  #2002  
Old Posted Jul 30, 2013, 10:32 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Após 10 anos, projeto de recuperação da Torre de TV sai da papel



A obra custará R$ 12 milhões e tem previsão para começar em setembro deste ano


Foto: Ed Alves

A reforma deve durar um ano - se as obras começarem em setembro, a previsão de entrega é o mesmo mês, no ano que vem


O projeto de recuperação da Torre de TV, um dos principais pontos turísticos de Brasília, saíra do papel após 10 anos. A ordem de serviço para execução das obras de impermeabilização e reforma da estrutura metálica foi assinada nessa segunda-feira (29/7). A obra custará R$ 12 milhões e tem previsão para começar em setembro deste ano.

Antes da obra, os três elevadores, que são os mesmos desde a inauguração do monumento (em 1967), serão trocados por outros mais modernos. Os novos já foram adquiridos, ao custo de R$ 1,752 milhão, e a substituição será feita gradativamente a partir de agosto.

Durante a realização das obras, a Torre de TV será interditada. A expectativa é que a reforma seja entregue entre setembro e outubro de 2014.







http://www.correiobraziliense.com.br...da-papel.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2003  
Old Posted Jul 30, 2013, 10:38 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Caesb inicia obras na estação de tratamento do Sistema Corumbá


Foto: Divulgação/Caesb

Construção começa amanhã, com previsão de durar dois anos e aumentar em 30% o abastecimento

BRASÍLIA (30/7/13) – A Caesb começará amanhã (31) as obras da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) do Sistema Produtor de Águas Corumbá, que aumentará em 30% o abastecimento para a população do Distrito Federal e parte da Região Metropolitana.

“A construção da estação de tratamento é uma etapa fundamental na obra de construção do complexo de abastecimento Corumbá, reforçando significativamente o fornecimento de água para o DF e toda a região do Entorno Sul de Goiás”, afirmou o presidente da Caesb, Célio Biavati.

A ETA Corumbá é integrante do empreendimento denominado Sistema Produtor de Água Corumbá - parceria entre a Caesb e a Saneago de Goiás para aumentar o abastecimento no DF e nos municípios goianos -, e utilizará um processo de tratamento com tecnologia totalmente automatizado.

A obra terá investimento de aproximadamente R$ 85 milhões, com recursos provenientes da Caixa Econômica Federal (CEF), com contrapartida da Secretaria de Obras do Distrito Federal, Caesb e Terracap.

A construção da ETA Corumbá terá duração prevista de dois anos, quando estará pronta para produzir 2,8 mil litros por segundo - no futuro, essa oferta deve ser ampliada para atendimento de uma vazão de 5,6 mil litros por segundo.

CORUMBÁ - O Sistema Produtor de Águas Corumbá terá um investimento total de R$ 400 milhões e terá como base uma sociedade empresarial, denominada Consórcio Corumbá, entre a Caesb e a Saneago.

O objetivo principal é o abastecimento de água no Distrito Federal, inicialmente, de Santa Maria e do Gama, e no estado de Goiás nos municípios de Novo Gama, Valparaíso de Goiás, Cidade Ocidental e Luziânia.

No Distrito Federal, ainda serão beneficiadas pelo sistema, futuramente, Recanto das Emas, Samambaia, Riacho Fundo I e II, Ceilândia, Taguatinga, Águas Claras e Núcleo Bandeirante.

O sistema possibilitará, ainda, a regularização do abastecimento em localidades como Pôr do Sol, Sol Nascente, Arniqueiras, Vicente Pires e outras regiões em processo de regularização.

O Sistema Produtor de Águas Corumbá é composto por:

- Captação e elevatória de água bruta, com potência instalada de 16.000 CV;

- 28Km de tubulação de adutora de água bruta em aço soldado, com 1.200 mm de diâmetro (sendo que 15Km de adutora em construção pela Caesb e 13Km de adutora em construção pela Saneago);

- Estação de Tratamento de Água com alta tecnologia e totalmente automatizada, fase da obra em lançamento;

- Duas Elevatórias de água tratada, com potências instaladas de 11.000 CV e 5.500 CV (a serem licitadas).










http://www.df.gov.br/noticias/item/7...umb%C3%A1.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2004  
Old Posted Jul 31, 2013, 12:23 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
DF terá totens para informar poluição



O governo do Distrito Federal vai espalhar pelas regiões administrativas totens eletrônicos com informações sobre qualidade do ar, níveis de ruído e radiação solar. Os equipamentos poderão ser consultados pela população a qualquer momento e as informações também serão divulgadas na internet.



A medida foi anunciada ontem pelo governador Agnelo Queiroz durante o lançamento do Programa de Monitoramento Ambiental Integrado, que irá reunir no mesmo âmbito nove projetos de monitoramento e preservação ambiental da Secretaria do Meio Ambiente do DF, Instituto Brasília Ambiental (Ibram) e Agência Reguladora das Águas (Adasa).

O governo não definiu ainda, contudo, um cronograma para a instalação dos totens nem quanto investirá nos equipamentos. A coleta dos dados será feita por três carros e cinco estações fixas localizadas na Fercal (2), Taguatinga (1), Rodoviária do Plano Piloto (1) e Setor Comercial Sul (1).

Políticas públicas

Segundo o secretário de Meio Ambiente do DF, Eduardo Brandão, a divulgação das informações ambientais vai estimular a adoção de políticas mais eficientes. "Com a conexão dos dados será possível desenvolver políticas públicas para minimizar os problemas ambientais", observou.

Entre as ações de monitoramento ambiental que já existem e serão integradas, estão o mapeamento de áreas degradadas, identificação das queimadas nos parques e unidades de conservação do DF, monitoramento da qualidade do ar, incentivo ao plantio de mudas do Cerrado, medidas de preservação de nascentes, identificação de locais com temperaturas elevadas e plantio de árvores para amenizar o calor, além do levantamento de pontos críticos de atropelamentos de animais que fazem parte da fauna do Cerrado









http://www.destakjornal.com.br/notic...luicao-202771/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2005  
Old Posted Aug 1, 2013, 10:40 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Número de leitos de UTI aumentou 40% em dois anos



Passou de 203 para 324, enquanto na rede dos conveniados e contratados subiu de 71 para 90

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) inaugurou em dois anos e meio de gestão 121 novos leitos de UTI - um aumento de 40% na capacidade -, o que ampliou o atendimento de 203 para 324 leitos próprios.

'A SES tem se empenhado na busca de uma solução para o déficit de leitos de UTI no DF, com o objetivo de cumprir a política nacional das UTIs no Brasil', afirmou hoje o gerente de Assistência Intensiva da Secretaria de Saúde, Rubens Ribeiro.

Foto: ROBERTO CASTRO/GDF


No primeiro semestre deste ano foram inaugurados 30 novos leitos, 10 deles na UTI neonatal de Sobradinho, 10 na UTI materna do Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) e 10 na cirurgia do Hospital de Base do DF (HBDF).

CONVENIADOS

Segundo Ribeiro, aumentou também o número de leitos conveniados e contratados - no início do ano era 71, passou para 90 com a contratação de 19 leitos no Instituto do Coração de Brasília (Incor).

A nova política, como explicou Ribeiro, tem a finalidade de estabelecer uma rotatividade nas demais unidades da rede, para ter mais leitos nas emergências do HBDF e no Hospital Regional da Asa Norte (Hran).











http://www.alo.com.br/noticias/ultim...Noticia=221208
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2006  
Old Posted Aug 2, 2013, 1:37 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Empreendimentos grandes terão prioridade para conseguir alvarás no DF



Acordo foi firmado entre a Casa Civil e entidades da construção



Empreendimentos acima de dois mil metros quadrados, com três pavimentos ou que sejam habitações coletivas terão prioridade na análise para liberação de projetos e concessão de alvarás no Distrito Federal, segundo acordo firmado entre a Casa Civil e entidades representativas da construção e do mercado imobiliário.

Foto: Mary Leal/GDF

Obras acima de dois mil metros quadrados, com três pavimentos ou que sejam habitações coletivas terão prioridade

— O fortalecimento da Diretoria de Análise e Aprovação de Projetos, da Coordenadoria das Cidades, órgão vinculado à Casa Civil do DF, é fundamental para a agilidade das soluções. Esse foi um dos consensos da reunião, informou o titular da pasta, Swedenberger Barbosa.

Segundo o Governo do DF, a Diretoria de Análise foi criada em junho de 2012 para dar celeridade à liberação de alvarás desses empreendimentos prioritários e até agora recebeu 558 processos, dos quais 21% tiveram parecer favorável (119), outros 75% estão em análise (423) e apenas 4% receberam parecer desfavorável (16).





http://noticias.r7.com/distrito-fede...no-df-01082013
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2007  
Old Posted Aug 2, 2013, 1:55 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,848
Lógico, empreendimentos verticais, como prédios residenciais que estão com os lotes encalhados. Apesar que tem locais que existe um impasse. Antes o Park Sul admitia prédios de 9 pavimentos e pilotis. Agora com IPHAN o local não pode receber prédios acima de 4 pavimentos.
Reply With Quote
     
     
  #2008  
Old Posted Aug 3, 2013, 4:12 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,848
Reply With Quote
     
     
  #2009  
Old Posted Aug 6, 2013, 1:59 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Projeto de lei prevê recompensa em dinheiro a quem denunciar corruptos



Projeto de lei aprovado pelos deputados distritais prevê o pagamento de dinheiro a delatores de desvios de recursos públicos no Distrito Federal. O assunto é controverso e pode ser questionado pela OAB


No que depender da Câmara Legislativa, o Distrito Federal voltará à época do Velho Oeste americano. Um projeto de lei aprovado pelos deputados distritais estabelece uma recompensa para quem delatar às autoridades esquema de corrupção, caso a denúncia provoque a recuperação de verba desviada e se transforme em uma ação penal pública. O prêmio será equivalente a 10% do recurso resgatado e poderá ser pago em dinheiro. No caso de mais de um denunciante, a gratificação será dividida. O primeiro a informar o delito ficará com a maior parte (70%) do prêmio e os outros terão direito a 30% do montante. A proposição seguiu ontem para sanção do governador Agnelo Queiroz (PT).



A matéria foi aprovada em 27 de junho, com 22 votos favoráveis no primeiro turno, e 15 no segundo turno — a Câmara tem 24 distritais. A votação foi simbólica — quando não há registro individual de votos — e nenhum dos deputados presentes no plenário se opôs ao projeto, apresentado por Israel Batista (PEN). Na proposta, o parlamentar justificou que os crimes contra a administração pública são prejudiciais à população e atingem direitos como a educação e a saúde. Ele diz que o objetivo é incentivar delações a fim de inibir a corrupção e estimular a fiscalização pública.

Especialistas ouvidos pelo Correio questionam a competência da Câmara em legislar sobre o assunto. Para o cientista político Leonardo Barreto, retirar parte do recurso roubado dos cofres públicos e entregá-lo para um delator é desviar o dinheiro duas vezes. Barreto comparou a situação a um roubo de caminhão de carga, no qual a pessoa que teve conhecimento do crime e entregou os ladrões às autoridades leve certa quantidade do carregamento para casa, como recompensa pelo ato. “Se quer incentivar um comportamento mais correto, talvez, sim, com uma premiação, mas nunca com o produto do roubo”, alertou.






http://www.correiobraziliense.com.br...orruptos.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2010  
Old Posted Aug 6, 2013, 7:39 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,848
Uai não vai dar em nada, pois o povo corrupto não irá entregar seu igual.
Reply With Quote
     
     
  #2011  
Old Posted Aug 7, 2013, 4:16 AM
MikeVonJ's Avatar
MikeVonJ MikeVonJ is offline
Am I bovvered?
 
Join Date: Sep 2011
Location: Brasilia
Posts: 500
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Após 10 anos, projeto de recuperação da Torre de TV sai da papel



A obra custará R$ 12 milhões e tem previsão para começar em setembro deste ano


Foto: Ed Alves

A reforma deve durar um ano - se as obras começarem em setembro, a previsão de entrega é o mesmo mês, no ano que vem


O projeto de recuperação da Torre de TV, um dos principais pontos turísticos de Brasília, saíra do papel após 10 anos. A ordem de serviço para execução das obras de impermeabilização e reforma da estrutura metálica foi assinada nessa segunda-feira (29/7). A obra custará R$ 12 milhões e tem previsão para começar em setembro deste ano.

Antes da obra, os três elevadores, que são os mesmos desde a inauguração do monumento (em 1967), serão trocados por outros mais modernos. Os novos já foram adquiridos, ao custo de R$ 1,752 milhão, e a substituição será feita gradativamente a partir de agosto.

Durante a realização das obras, a Torre de TV será interditada. A expectativa é que a reforma seja entregue entre setembro e outubro de 2014.







http://www.correiobraziliense.com.br...da-papel.shtml
Isso não inclui o projeto de iluminação, né? Alguém sabe dizer se um dia vão iluminar nossa torre? Seria muito legal durante o mundial de 2014 ter a torre chamando toda iluminada chamando atenção no meio do Eixo.
Reply With Quote
     
     
  #2012  
Old Posted Aug 7, 2013, 10:15 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,848
Quote:
Originally Posted by MikeVonJ View Post
Isso não inclui o projeto de iluminação, né? Alguém sabe dizer se um dia vão iluminar nossa torre? Seria muito legal durante o mundial de 2014 ter a torre chamando toda iluminada chamando atenção no meio do Eixo.
Terá uma iluminação normal. Agora algo mais sofisticado, após o Mundial.
Reply With Quote
     
     
  #2013  
Old Posted Aug 7, 2013, 1:51 PM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,966
Projeto de lei prevê recompensa em dinheiro a quem denunciar corruptos

70% de nada devolvido é nada.
Reply With Quote
     
     
  #2014  
Old Posted Aug 8, 2013, 12:28 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Aprovada inclusão de quatro municípios na Região de Desenvolvimento do DF e Região Metropolitana


Foto: Marcello Casal Jr


O Plenário do Senado aprovou no início da noite desta quarta-feira (7) o projeto de lei que inclui os municípios goianos de Alto Paraíso de Goiás, São João d’Aliança, Gameleira de Goiás e Cabeceiras na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride). Foram 53 votos favoráveis, um contrário e duas abstenções. De autoria do senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), o PLS 410/2012-Complementar segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

A proposta original de Rollemberg mencionava apenas os municípios de Alto Paraíso e São João d'Aliança. A inclusão de Gameleira de Goiás e Cabeceiras foi iniciativa da relatora, a senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO), e do senador Gim (PTB-DF).

A proposta altera a Lei Complementar 94, de 1998, que autorizou o Poder Executivo a criar a Ride, com o objetivo de articular a ação administrativa da União, dos estados de Goiás e de Minas Gerais e do Distrito Federal na chamada Região do Entorno do DF. A finalidade é facilitar o planejamento e execução de serviços públicos comuns, especialmente nas áreas de infraestrutura e de geração de empregos.

Rollemberg observa, na justificação da proposta, que a ação conjunta é importante por se tratar de uma área econômica contínua, apesar de envolver áreas de diferentes unidades federativas. "Prova disso é que trabalhadores do entorno vêm diariamente ao DF para trabalhar e para acessar serviços públicos", argumenta.

O senador também registra que nos últimos anos houve forte expansão da economia do Distrito Federal, centro econômico da Ride: o PIB da capital federal cresceu quase 120% (descontada a inflação) de 1998 a 2009. Conforme o autor, os reflexos se propagaram por toda a área do entorno, o que justificaria a inclusão de novos municípios na área da Ride, particularmente Alto Paraíso e São João d’Aliança.

Já integram a Ride os municípios de Abadiânia, Água Fria de Goiás, Águas Lindas, Alexânia, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Cristalina, Formosa, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Pirenópolis, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso e Vila Boa, todos no estado de Goiás, e de Unaí e Buritis, no estado de Minas Gerais.







http://www.jornaldebrasilia.com.br/s...tana&id=487682
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2015  
Old Posted Aug 8, 2013, 2:40 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,848
Essa região metropolitana somente existe no papel. Gastaram tempo e dinheiro discutindo a inclusão de municipios que não irá acrescentar nada a região metropolitana. Até mesmo porque, não existe políticas de região metropolitana.
Reply With Quote
     
     
  #2016  
Old Posted Aug 8, 2013, 3:33 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,848
Economia aquecida contribui para IDHM alto no DF

A recente sondagem “A Força do Distrito Federal”, realizada pela PwC Brasil com empresários da região, retrata o panorama da economia no DF e das perspectivas do mercado para este ano, reforçando a economia aquecida, principalmente pelo forte mercado consumidor – o que contribuiu bastante para elevar o IDHM.

De acordo com levantamento “Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013”, realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), o Distrito Federal ocupa o primeiro lugar do ranking dos melhores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do país.

“Com a economia movimentada pela administração pública e pelos setores de comércio e serviços, responsável por 94% do PIB de Brasília e das cidades do Entorno, o DF é um território próspero. Isso ocorre graças à alta remuneração dos servidores públicos e também à demanda de produtos e serviços dos Três Poderes e de todas as suas ramificações”, explica Geovani Fagunde, sócio da PwC Brasil que liderou as operações para a elaboração da sondagem.

O estudo das Nações Unidas demonstra que a renda per capita mensal do DF saltou de R$ 916, em 1991, para R$ 1.715,11, em 2010. Em dois indicadores (renda e longevidade), o Distrito Federal registra índices considerados muito altos. A capital do país registrou, em 2010, IDHM geral de 0,824 (muito alto); 0,863 no indicador renda, 0,742, no de educação (alto) e 0,873 no de longevidade.

A análise foi realizada utilizando mais de 180 indicadores socioeconômicos, que têm por base os censos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) entre 1991 e 2010 e é dividido em três dimensões do desenvolvimento humano: longevidade, educação e renda. O índice varia de 0 a 1, sendo que, quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento humano.

Sondagem empresarial – A pesquisa realizada pela PwC revela otimismo entre o empresariado do DF: o aumento e o direcionamento previstos para os investimentos das empresas comprovam a confiança no poder de expansão do Distrito Federal e uma firme aposta no desempenho futuro. A maioria dos entrevistados na sondagem empresarial afirma que fará investimentos no DF, e a grande parte dos investimentos será destinada à instalação de equipamentos (73%), o que demonstra um planejamento de longo prazo.

Contratação de pessoal é o segundo item mencionado, com 60%. “Na maioria dos casos, as empresas pretendem manter ou aumentar o número de funcionários – e em todos os níveis ainda este ano – o que influencia sobremaneira na formação de um mercado consumidor mais forte e, consequentemente nos critérios de renda que fazem com que o IDHM do DF seja o mais alto”, afirma Fagunde.


Desafio dos negócios

O levantamento aponta que os empresários do Distrito Federal percebem a carga tributária como o maior entrave à economia. Este item é citado por 65% dos entrevistados, ao serem questionados sobre os fatores que têm mais impacto em seus negócios.

O segundo problema mais citado – “contratação e retenção de capital humano”, com 44% das respostas – revela uma peculiaridade regional: a concorrência com os cobiçados cargos do serviço público. “Os profissionais bem preparados que as empresas querem reter tendem a ter condições também de passar pelo funil dos concursos públicos e conseguir um emprego bem remunerado com direito a estabilidade, além de outras vantagens que a iniciativa privada não consegue proporcionar”, analisa Fagunde.

Segundo a sondagem da PwC, a maioria das empresas do Distrito Federal deve enfrentar os desafios, ampliando a sua atuação em novos mercados e com novos produtos, segundo 52% dos entrevistados, o que significa atravessar os limites da Unidade da Federação e levar a outros Estados a expertise de atender plenamente às demandas da administração pública. Uma expansão que pode envolver alianças estratégicas, segundo ponto mais mencionado, com 33%. As respostas a essa questão demonstram a necessidade de reduzir o impacto da carga tributária e de aprimorar produtos e serviços, avançando tecnologicamente e adotando conceitos modernos de gestão.

“A visão, a ousadia e coragem que os líderes empresariais demonstram diante dos desafios que têm pela frente mostra que o Distrito Federal é uma Unidade da Federação que continua sendo desenvolvida com o mesmo espírito empreendedor de seus fundadores”, destaca o sócio Geovani Fagunde.

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

Fonte
Reply With Quote
     
     
  #2017  
Old Posted Aug 8, 2013, 3:35 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,848
Desenvolvimento Econômico quer potencializar DF no cenário internacional

Ações foram apresentadas por secretário em reunião do Grupo de Trabalho de Desenvolvimento Econômico e Combate às Desigualdades Sociais do CDES-DF


Aumentar a visibilidade e as potencialidades do Distrito Federal nos cenários nacional e internacional. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Gutemberg Uchôa, esses são os grandes desafios para o setor no DF.

Os aspectos norteiam as três ações estruturantes da Pasta, apresentadas por Uchôa em reunião do Grupo de Trabalho de Desenvolvimento Econômico e Combate às Desigualdades Sociais do CDES-DF, realizada na tarde desta terça (6).

“É preciso lembrar que o desenvolvimento econômico é um tema transversal, relacionado a várias áreas, como saúde, transporte e lazer. Significa, em outras palavras, que ao final deve proporcionar qualidade de vida para a população de todas as regiões administrativas”, argumentou o secretário, que é um dos coordenadores do GT.

Segundo Uchôa, a Secretaria tem trabalhado na elaboração de projetos focados nessa percepção mais ampla de desenvolvimento econômico. Ainda de acordo com o secretário, as ações apresentadas não estão finalizadas, mas representam “diretrizes concretas” para criar a infraestrutura prévia necessária e trazer investimentos.

As ações estão baseadas na atração de empreendimentos “âncoras”, que possibilitem o aumento da cadeia produtiva não apenas para o DF, mas também para os demais municípios da RIDE (Região Integrada de Desenvolvimento Econômico que agrega cidades do entorno). O foco principal é a diminuição de desigualdades na região.


Programas

As ações da Secretaria de Desenvolvimento apresentadas estão focadas na atração de novos investidores, por meio de diferentes aspectos como incentivos econômicos a empresas, caso do Pro-DF II; ou proporcionando ao DF as mesmas condições de atratividade de investimento dos demais estados brasileiros, pautado pelo Programa IDEAS.

Já o Procidades pauta o desenvolvimento urbano integrado voltado para o incremento de qualidade de vida, da competitividade econômica e das condições institucionais. É baseado em três aspectos: promoção (busca de investimentos), coordenação (contato com investidores) e articulação (inferface com outras esferas do Governo).

GT de Desenvolvimento Econômico e Combate às Desigualdades Sociais - A reunião desta terça marcou a retomada dos trabalhos do GT. Outra reunião está prevista para a apresentação do outro coordenador do grupo, o secretário o Desenvolvimento Social e Transferência de Renda, Daniel Seidel.

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

Fonte
Reply With Quote
     
     
  #2018  
Old Posted Aug 8, 2013, 1:41 PM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,966
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Essa região metropolitana somente existe no papel. Gastaram tempo e dinheiro discutindo a inclusão de municipios que não irá acrescentar nada a região metropolitana. Até mesmo porque, não existe políticas de região metropolitana.
Poderiam discutir políticas de desenvolvimento para a RIDE e não a anexação de mais municípios.

A região já é carente de tudo, imagine com mais esses.
Reply With Quote
     
     
  #2019  
Old Posted Aug 8, 2013, 7:50 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Polícia Militar entra em Operação Padrão



A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal decidiram, durante assembleia realizada ontem, que entrarão em operação padrão até o próximo dia 13, quando será feita uma nova reunião. Com isso, os bombeiros vão conduzir as viaturas sempre na velocidade da via - o que pode atrasar um socorro - e os PMs só abordarão pessoas em caso de suspeita evidente.
As duas categorias reivindicam o cumprimento de 13 promessas que teriam sido feitas pelo governador Agnelo Queiroz durante a campanha eleitoral, entre elas a reestruturação das carreiras.





http://www.destakjornal.com.br/notic...padrao-203954/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #2020  
Old Posted Aug 9, 2013, 10:43 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,845
Novas 835 câmeras de segurança vão custar R$ 26 milhões ao Distrito Federal



Os equipamentos devem ser instalados até o fim do ano


Divulgação

As imagens em alta resolução permitem identificar detalhes como placas de carros

Distrito Federal ganhará 835 câmeras de segurança até o final do ano, após a Redecom ganhar processo licitatório - o resultado foi divulgado nesta sexta-feira (9/8). O custo da operação será de R$ 26 milhões.

Os primeiros equipamentos serão instalados em Brasília, Guará, Cruzeiro, Lago Sul, Sudoeste/ Octogonal, Park Way, Estrutural, SIA, Taguatinga, Brazlândia, Ceilândia, Samambaia, Águas Claras e Vicente Pires.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP/DF), as novas câmeras estarão conectadas em rede acessível também via telefone celular de profissionais da segurança pública. A tecnologia agiliza a identificação de suspeitos durante operações policiais.

As imagens são produzidas em alta definição para permitir a identificação de placas de veículos e pessoas. Batalhões da Polícia Militar farão o monitoramento das imagens, e haverá um comando central na sede da Secretaria de Segurança Pública.

Outro recurso tecnológico é a emissão de um som quando as câmeras identificam ocorrência atípica - como um carro na contramão, por exemplo. Alguns equipamentos terão sensores de temperatura. Ficarão instalados próximas a parques nacionais, para ajudar na prevenção de incêndios.

Uma nova licitação, ainda sem data marcada, vai permitir a aquisição de 765 novas câmeras, para todas as demais regiões do DF.

Outras 15 empresas participaram dessa licitação. Venceu a que ofereceu o menor preço, segundo o governo.






http://www.correiobraziliense.com.br...-federal.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 4:22 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2023, vBulletin Solutions, Inc.