HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #161  
Old Posted Oct 5, 2011, 8:28 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Polícia Civil inaugura academia e delegacia no Riacho Fundo II


A Polícia Civil do Distrito Federal inaugurou nesta quarta-feira (5/10) uma nova academia no Riacho Fundo II. A cerimônia, que contou com a presença do governador Agnelo Queiroz, deu início ao funcionamento da estrutura de 90 mil metros quadrados, que será usada para cursos e treinamentos de policiais. A novidade para a população é que o local funcionará também como delegacia, onde poderão ser registradas ocorrências.

No total, os aspirantes a policiais passam a contar com 14 salas de aula, dois laboratórios de informática, sala de ginástica, biblioteca, museu de armas e drogas e auditório para palestras (capacidade para 200 pessoas). A academia vai oferecer cursos de informática para a comunidade local, realizar trabalhos de lazer, visitas aos museus e palestras sobre os riscos do envolvimento com álcool e drogas. Os policiais ainda contarão com treinamentos de aperfeiçoamento de técnicas de ação.

No evento, o governador disse que a academia é moderna e possui tecnologia de ponta. "O foco, porém, são os recursos humanos, pois de nada adianta ter tecnologia se os policiais não forem bem treinados e capacitados para lidar com ela", afirmou Agnelo.









http://www.correiobraziliense.com.br...fundo-ii.shtml
Reply With Quote
     
     
  #162  
Old Posted Oct 6, 2011, 2:52 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
E pra comemorar


_________________________________________________________________


Policiais civis do DF decidem em assembeia se entram em greve



Os policiais civis do Distrito Federal irão decidir em assembleia às 15h desta quinta-feira (6) no estacionamento nº 6 do Parque da Cidade se a categoria entra ou não em greve. Eles reivindicam o cumprimento do acordo realizado entre a Polícia Civil e a Secretaria de Administração Pública em abril deste ano, após uma greve que durou 14 dias.



O acordo inclui aumento do efetivo, plano de saúde, reposição da inflação, edição e publicação do decreto de progressão que prevê crescimento natural da folha de pagamento e deve atingir mais de 700 homens.








http://www.jornaldebrasilia.com.br/s....php?id=368245
Reply With Quote
     
     
  #163  
Old Posted Oct 6, 2011, 10:51 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Governo discute projeto que impõe regras antes de construir prédios


Engarrafamento, barulho excessivo e sobrecarga das redes de água, de esgoto ou de iluminação são alguns dos impactos causados pela construção de prédios residenciais ou de empreendimentos comerciais em cidades já estabelecidas. Apesar de muitas vezes trazer valorização imobiliária para a região, esse tipo de obra muda a vida dos antigos moradores. Para tentar minimizar os transtornos de novas projeções no Distrito Federal, o governo vai enviar, ainda este ano, à Câmara Legislativa um projeto de lei que cria regras para a elaboração de estudos de impacto de vizinhança (EIV). Esses relatórios deverão ser realizados antes mesmo da aprovação do empreendimento.

Pelo projeto de lei, que foi debatido em audiência pública no último dia 10, será obrigatório fazer o levantamento para os casos de empreendimentos que causem adensamento populacional ou que demandem a instalação ou o acréscimo de equipamentos urbanos. Obras que aumentem o tráfego no sistema viário ou exijam melhorias no transporte público também deverão ser analisadas previamente. A legislação obriga os empreendedores a realizarem o EIV quando a construção for feita a partir de um aumento de potencial construtivo ou de mudança na destinação, desde que valorize os imóveis da região ou interfira na paisagem.

A partir das regras determinadas pela lei, a administração pública terá que exigir a apresentação do estudo, que passa a ser obrigatório tanto para empreendimentos públicos quanto particulares. De acordo com a justificativa incluída na minuta do projeto, o objetivo da legislação é “assegurar o respeito ao interesse coletivo quanto aos limites do parcelamento, do uso, da ocupação do solo e do desenvolvimento econômico para garantir o direito à vida, à qualidade de vida e o bem-estar da população”.



No Guará 2, a aprovação de novos projetos para edifícios foi suspensa até a conclusão do estudo



A subsecretária de Controle Urbano da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Zilda Abreu, conta que o governo quer mandar a proposta o mais rapidamente possível à Câmara. Faltam apenas alguns ajustes, que estão sendo feitos para adequar a minuta às sugestões apresentadas durante a audiência pública. “Nosso objetivo é criar regras de transição, que passarão a valer até a aprovação desse projeto de lei. Essa legislação é essencial para o Distrito Federal e a criação é urgente”, destaca Zilda Abreu.

A responsabilidade pela elaboração dos estudos é do empreendedor interessado, ou seja, não haverá impactos nos cofres públicos. A realização de audiências e o posterior cumprimento de exigências também ficam a cargo do dono do terreno. Além disso, o empreendedor também terá que pagar para executar as medidas indicadas pelo EIV, ou seja, se a nova construção exigir um aumento da rede de água ou a construção de intervenções viárias, essas obras deverão ser arcadas pelo empresário.

Quem descumprir as regras estabelecidas pela nova lei ou não cumprir as medidas mitigadoras determinadas pelos estudos de impacto de vizinhança ficará sujeito a sanções que vão desde advertência e multa até a interdição e a cassação do alvará de construção ou de funcionamento. A sanção pode chegar a R$ 5 mil por infração.















http://www.correiobraziliense.com.br...-predios.shtml
Reply With Quote
     
     
  #164  
Old Posted Oct 6, 2011, 3:10 PM
Similar Similar is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 342
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Olha, se a mudança fosse feita por motivos economicos eu concordaria, pois ate faz sentido que a sede principal do banco seja em São Paulo, afinal o Banco do Brasil não é um órgão politico e sim técnico/financeiro (pelo menos deveria) e faz todo sentido ficar mais proximo de seu mercado principal. Mas como sei que tem motivações politiqueiras ai..... é melhor que fique aqui mesmo.
Talvez se justificasse por motivos econômicos há 10 anos, mas não hoje. Todas as operações de monitoramento e atuação no mercado de capitais (que é aquele que a direção do Banco diz querer "acompanhar" de perto) são feitas de modo virtual. Mesmo a BMF/Bovespa abandonou os pregões "físicos" e faz todas as transações exclusivamente por meio de softwares específicos. Também não é à toa o Banco Central tem sua mesa de câmbio em Brasília.

Se fosse no Rio Grande do Sul, tenho certeza de que o pau iria quebrar numa tentativa do Banrisul de fazer algo parecido...
Reply With Quote
     
     
  #165  
Old Posted Oct 6, 2011, 3:53 PM
GMF GMF is offline
Registered User
 
Join Date: Jun 2011
Posts: 143
PSD é bem contado no Buriti

A "visão construtiva" do PSD costuma ser defendida pelo governador Agnelo Queiroz. Fica claro que o Buriti interpreta a chamada posição de independência partido como um avanço, caso comparado com a postura de oposição sistemática que costuma ser atribuída ao DEM e ao PSDB. É também o que sugere o governador quando diz que o PSD é "uma oportunidade para parlamentares insatisfeitos ajudarem na cidade".

CONTATOS FREQUENTES

O governador do Distrito Federal tem, sim, mantido contatos com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, inventor do PSD. E mais contatos ainda com o antecessor Rogério Rosso ( foto), que preside a seção brasiliense do partido.

BONS RECRUTAS

Soou como música no Buriti o que por lá se chama de "visão construtiva" dos pessedistas, tanto frente ao Governo Federal quanto ao governo distrital. "O PSD vem recrutando bons políticos e não fez exigência nenhuma", comenta Agnelo.

MUDANÇA DE RUMO

É...pode ser. Mas acaba de ser demitido o administrador regional de Taguatinga, Antonio Sabino Vasconcelos Neto. Petista, fez carreira no partido. Para seu lugar deve ir alguém ligado ao distrital Washington Mesquita, que acaba de deixar o tucanato pelo PSD.

APOIO MANTIDO

Após anos controlando a Administração de Taguatinga, o também distrital Benedito Domingos encara a mudança de modo filosófico. Avisa que continuará apoiando o governo Agnelo. "Afinal", diz, o que saiu também não era indicação minha".

SEGREDO PARA SE ELEGER

Presidente do PSL brasiliense, o secretário Newton Lins ( foto) não gostou nada, mas nadinha mesmo, da possibilidade de que Doutor Michel, único distrital do partido, acerte seu ingresso no PSD. Para Newton Lins, o segredo de uma eleição "é ter tirado boas notas em matemática na escola, ser estável e saber fazer contas". Nas eleições de 2010, calcula, faltaram só 500 votos para que o partido fizesse mais um distrital. No Brasil o PSL tem 2 deputados federais, 18 estaduais, 17 prefeitos e 522 vereadores. No Distrito Federal, diz o secretário, os deputados que saíram do PSL amargaram a derrota em outros partidos. E mais, alfineta Newton, "quem assedia deputados eleitos por agremiações estáveis não demonstra seriedade e capacidade de promover alianças e coligações para 2014".

ALVO CERTO

Em tempo: quando fala em deputados que amargaram a derrota, Newton Lins está se referindo a Raimundo Ribeiro. Eleito pelo PSL na legislatura passada, Ribeiro foi secretário de Justiça no Governo Arruda e deixou o partido de forma litigiosa, tornando-se desafeto do seu presidente regional. Foi para o PSDB e ficou como primeiro suplente. Os tucanos lutam ainda, na Justiça Eleitoral, para anulação dos votos do deputado Benício Tavares, que levaria a um reposicionamento capaz de dar uma segunda cadeira ao PSDB.

FONTE: http://www.jornaldebrasilia.com.br/e...nal/pdf/21.pdf
Reply With Quote
     
     
  #166  
Old Posted Oct 6, 2011, 4:10 PM
GMF GMF is offline
Registered User
 
Join Date: Jun 2011
Posts: 143

Podem criar quantos partidos quiserem. O problema do Distrito Federal é falta de qualidade dos políticos locais; impera o forte clientelismo (herança do Roriz) e a falta pulso para bater de frente. O Arruda foi um dos que tinha pulso, mas era corrputo. Além disso, falta visão de médio prazo. Alguns possuem boas intenções, mas ficam presos em assuntos altamente irrelevantes.

Dos que tem aqui, o único que eu acho que merece uma chance é o Reguffe; ele tem lá seus defeitos, mas gostaria de vê-lo num cargo mais estratégico. Se não, prefiro um político de outro Estado para ser o próximo governador do DF.
Reply With Quote
     
     
  #167  
Old Posted Oct 6, 2011, 5:20 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
"Partido Social Democratico" ate no nome se vê que é uma aglomeração generica sem nenhuma itenção de apresentar qualquer projeto é apenas um clube de politicos fisiologistas.

E realmente é preciso que Brasília passe a pagina de suas politicas passadas, na proxima eleição que sruja algo novo e não ligado as velhas raposas que a anos comandam o GDF.
Reply With Quote
     
     
  #168  
Old Posted Oct 6, 2011, 5:25 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Governador do DF defende que royalties não podem ficar concentrados


O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), assumiu o papel de porta-voz dos governadores do Centro-Oeste no debate que envolve a distribuição dos royalties do petróleo. Segundo Agnelo, em referência ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), “é justo que cada um queira defender sua unidade, mas isso não pode arrebentar o Brasil ou outras unidades da Federação”. O petista acredita que os estados produtores podem diminuir para 20% as suas receitas com os royalties, como forma de viabilizar um acordo nacional.

Agnelo defendeu ainda que a Saúde tenha uma nova fonte de financiamento, mas não necessariamente um imposto nos moldes da extinta CPMF. Disse que o Centro-Oeste precisa de ferrovias para escoar a produção e que o BRB, por sua vocação regional, tem condições de gerir os recursos da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). Confira abaixo os principais trechos da entrevista ao Correio.


Foi marcada para o dia 26 a votação do veto do ex-presidente Lula à emenda Ibsen Pinheiro. O senhor acredita em acordo?

Está claro que é uma riqueza do Brasil. As riquezas do pré-sal não podem estar concentradas em três estados, não é justo.

Em que bases esse acordo pode ser construído?

Os estados produtores de petróleo precisam ter a compreensão de que essa receita nova é fundamental para a superação das desigualdades regionais e para enfrentar os principais problemas do país. Senão, você vai concentrar a riqueza mais ainda nas unidades da Federação que já são desenvolvidas.

Mas os estados produtores não parecem muito dispostos a dividir esse bolo.
O governo federal aceita abrir mão de 30% de suas receitas com os royalties do petróleo já em 2012 ou 2013. Os estados ditos produtores, que têm hoje 26,5% de participação, precisariam também dar a sua contribuição. Para nós, eles deveriam também reduzir para 20% (mesmo percentual da União). Não há perda nominal. Em 2020, eles vão arrecadar quase três vezes mais do que arrecadam hoje.

É uma proposta mais dura que a apresentada pelo governo federal.
A proposta inicial da equipe econômica é que os estados produtores diminuam o percentual de 26,5% para 25%, o que não representa perda nenhuma. É justo que cada um queira defender sua unidade, mas dentro dos limites do razoável. Não pode arrebentar o Brasil ou outras unidades da Federação.

O senhor acha que a Saúde precisa de um novo imposto?

Eu chamaria de uma nova receita, que pode ser desde um novo imposto — não precisa ser, necessariamente, uma nova CPMF — ao aumento da alíquota de impostos já existentes sobre bebidas, por exemplo. Esse acréscimo seria revertido para a Saúde. Temos discutido isso no Fórum de Governadores do Centro-Oeste. Começamos a nos reunir para discutir a reforma tributária e hoje ampliamos os temas, debatendo Emenda 29, royalties do petróleo e plano de desenvolvimento do Centro-Oeste.

Esse plano busca alternativas para o Centro-Oeste além da grande vocação da região, que é o agronegócio?

Precisamos de um suporte de infraestrutura e logística que sustente esse desenvolvimento econômico. Estamos com uma produtividade elevada, mas fica muito caro o escoamento. Qual a reivindicação principal dos governadores do Centro-Oeste? Ferrovias. Uma das ferrovias que queremos desenvolver é a que liga Brasília a Goiânia, como um ramal da Norte-Sul.

Essa ferrovia já existe e está subaproveitada ou ainda precisa sair do papel?

Precisa ser feita. Foi criado um grupo que envolve Dnit, Ministério dos Transportes, Governo do Distrito Federal e ANTT. Essa equipe servirá para unificar a proposta para esse trecho e prepararmos a licitação.

Quando essa ferrovia estaria em operação?

Até a Copa do Mundo. Isso está no projeto que estamos desenvolvendo com o governo federal e o governo de Goiás para realizar uma proposta de integração do Entorno, que envolve ações em transporte, educação, saúde e segurança.

Qual é o papel da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) nesse processo?

A Sudeco é uma conquista importante da presidente Dilma. Na nossa opinião, não precisa criar um novo banco para gerenciar esses recursos. Estou propondo que o BRB seja o banco de desenvolvimento do Centro-Oeste, porque é o único banco estatal e que tem vocação para atender a demanda da região.

Como o senhor avalia a proposta do senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) de estender o Fundo Constitucional para o Entorno?


Para nós, é uma questão clara, sagrada. O Fundo Constitucional é a sobrevivência da capital do Brasil. Falar em tirar esses recursos (diminuir parte da receita destinada ao DF) é de uma insanidade brutal. Primeiro, porque é inoportuno. Segundo, porque não é correto no mérito. Para resolver o problema do Entorno, existem as propostas que estão sendo feitas pela presidente Dilma. Não pode ser mais uma proposta de faz de conta.











http://www.correiobraziliense.com.br...entrados.shtml
Reply With Quote
     
     
  #169  
Old Posted Oct 6, 2011, 8:04 PM
emblazius emblazius is offline
Flamenguista
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília
Posts: 574
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Governador do DF defende que royalties não podem ficar concentrados [/url]
Estão querendo mais grana pro GDF desviar muito mais do que sempre desviou!!!
__________________
Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos
Reply With Quote
     
     
  #170  
Old Posted Oct 6, 2011, 8:18 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
É bem por aí
Reply With Quote
     
     
  #171  
Old Posted Oct 6, 2011, 8:26 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
TCDF alerta governo sobre descumprimento das aplicações na saúde


O Tribunal de Contas do DF constatou que no primeiro semestre deste ano o governo não cumpriu o limite mínimo de aplicação de recursos públicos na saúde. Segundo levantamento do Tribunal, que virou o processo N. 23.185/2011, de janeiro a junho de 2011, o GDF gastou R$ 556 milhões em ações e serviços públicos de saúde.

O limite mínimo exigido pela Constituição Federal, no entanto, era de R$ 650,7 milhões. No entendimento do Tribunal, isso significa que houve um diferença no período de R$ 94,7 milhões. Diante do déficit, o TCDF emitiu um alerta ao governo para que corrija a distorção.

A Constituição Federal determina que o DF precisa investir 12% das receitas provenientes de impostos na saúde. O próprio TCDF pondera que a exigência legal é feita para um exercício completo ou o ano todo. Ou seja, se o Governo aumentar o investimento nesse setor até o final do ano, poderá corrigir o déficit apontado em levantamento do Tribunal.







http://www.correiobraziliense.com.br...na-saude.shtml
Reply With Quote
     
     
  #172  
Old Posted Oct 7, 2011, 12:55 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Com 20 novos equipamentos, Detran começa a fiscalizar película nos carros





Com a utilização de 20 novos equipamentos, o Departamento de Trânsito (Detran) do Distrito Federal espera flagrar carros com películas que apresentam luminosidade abaixo das normas. Os medidores de transmitância luminosa fazem parte do trabalho de vistoria, policiamento e fiscalização de veículos desde o início de outubro. O equipamento foi aprovado pelo Inmetro e homologado pelo Denatran.

Os motoristas que forem pegos fora das normas de utilização da película estarão sujeitos a multa de R$ 127,69. Além de ganhar cinco pontos na carteira e ter o veículo retido para regularização.

De acordo com o Conselho Nacional de Trânsito, a visibilidade não deve ser inferior a 75% para os vidros incolores dos parabrisas e 70% para os parabrisas coloridos e os vidros laterais dianteiros. Nos demais vidros, a luminosidade não pode ser inferior a 28%.






http://www.correiobraziliense.com.br...s-carros.shtml
Reply With Quote
     
     
  #173  
Old Posted Oct 7, 2011, 12:58 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Agora o DETRAN vai meter multas a rodo!!!
Acho que ao menos 30% dos carros tem película acima do permitido
Reply With Quote
     
     
  #174  
Old Posted Oct 7, 2011, 11:26 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Mortes levantam suspeitas de bactéria mutante em circulação no DF


As mortes por infecções de Streptococcus pyogenes levantam suspeitas sobre a circulação de bactérias mutantes na cidade. O micro-organismo que já matou duas pessoas do sexo feminino em Brasília não é considerado complexo e resistente.

Atinge principalmente crianças e é um dos causadores de faringites. Investigações da Vigilância Epidemiológica vão mostrar se há alterações nas cepas das bactérias que infectaram as vítimas recentes. Especialistas explicam que é muito difícil prevenir as contaminações por essa bactéria, já que ela tem grande circulação: cerca de 15% da população possui o micro-organismo no sistema respiratório, mas não manifesta qualquer infecção ou sintoma.

O diretor científico da Sociedade Brasiliense de Infectologia, Henrique Pinhati, diz que as mortes, ocorridas entre agosto e setembro, causam estranhamento. “Sem dúvidas, há uma cepa diferente circulando pela cidade. De repente, começou a haver óbitos de forma incomum. Isso pode ser atribuído à presença de uma bactéria com maior produção de toxinas”, justifica Pinhati. Mesmo se houver eventuais mutações, o especialista garante que não se trata de um micro-organismo resistente a antibióticos. “O tratamento normalmente é feito com penicilina, da forma mais tradicional. O problema é que essa bactéria tem uma agressividade intrínseca”, comenta o infectologista.

Henrique Pinhati garante, entretanto, que a população não precisa ficar em pânico. Na opinião do especialista, quem deve se manter alerta é a comunidade médica. “Os profissionais que atenderem pessoas com os sintomas de infecção nas emergências dos hospitais devem prestar atenção para fazer esse diagnóstico. O surgimento de variantes mais agressivas de uma bactéria não é um fenômeno incomum, mas normalmente esses agentes infecciosos muito severos com os hospedeiros desaparecem rapidamente. Isso aconteceu na Europa, no caso da chamada bactéria carnívora”, diz Pinhati.

Se na maioria das vezes a Streptococcus pyogenes não causa danos, algumas infecções podem ser graves e letais. Um exemplo do que o micro-organismo pode provocar é a escarlatina — uma manifestação dessa bactéria que causa vermelhidão na pele por conta de toxinas mais fortes. A doença normalmente começa com uma faringite e evolui para sintomas mais severos. Nas complicações graves, a escarlatina causa até problemas renais.

Variações
O professor de infectologia da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Antônio Carlos Pignatari assegura que a Streptococcus pyogenes normalmente não apresenta resistência contra antibióticos, mas ele destaca o perigo que representam algumas variações da bactéria. “Algumas cepas podem produzir toxinas e acarretar casos muito graves, até com óbito. Essa bactéria pode ter transmissão entre pessoas, particularmente em crianças, pelo contato das mãos, e podem acontecer pequenos surtos”, afirma.

Pignatari também acredita na possibilidade de bactérias diferentes estarem em circulação. “O que poderia justificar esses casos mais graves e os óbitos é a disseminação de cepas toxigênicas, produtoras de toxinas.

Elas têm potencial de provocar manifestações mais graves. Mas não se trata de cepas resistentes a antibióticos”, acrescenta o infectologista da Unifesp. “Os laboratórios clínicos identificam com facilidade essa bactéria com a realização de culturas e também de um teste rápido, que consiste na coleta de material da garganta. Isso pode ser feito no próprio pronto-socorro”, finaliza Pignatari.

O infectologista Alexandre Cunha, que preside a Sociedade Brasiliense de Infectologia, afirma que não há estatísticas sobre a ocorrência de infecções e de óbitos por Streptococcus pyogenes. “Essa não é uma infecção de notificação compulsória, então não sabemos a real frequência. Podem ter havido dezenas de registros, ou apenas os dois citados.

Mas como os médicos começaram a comentar esses casos, a Secretaria de Saúde divulgou a nota técnica”, explica Cunha. Ele não classifica os casos como um surto de Streptococcus pyogenes. “Do ponto de vista de saúde pública, é mais importante fazer uma investigação individual dos registros, até porque não há como prevenir a transmissão”, comenta.

Ação rápida
As bactérias carnívoras são um tipo grave de micro-organismo, que receberam esse nome por conta do efeito sobre o corpo humano. Elas agem sobre a pele e depois sobre os músculos com um efeito de necrose, como se estivessem “comendo” a carne humana. A ação da bactéria carnívora é extremamente rápida e ela pode levar a óbito em grande parte das infecções.

Perigosa
Ao contrário da Streptococcus pyogenes, que não é resistente a antibióticos, outra bactéria se transformou em ameaça nos hospitais públicos e particulares de Brasília. No ano passado, um surto de Klebsiella pneumoniae carbapenemase colocou médicos e pacientes em alerta. Conhecida como KPC, a bactéria era extremamente resistente aos antibióticos e fez pelo menos 25 vítimas somente entre outubro e dezembro do ano passado.










http://www.correiobraziliense.com.br...ao-no-df.shtml
Reply With Quote
     
     
  #175  
Old Posted Oct 7, 2011, 12:28 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 402
População de 30 a 60 anos, residente nas Regiões Metropolitanas, por local de nascimento

Fonte: PNAD 2009/IBGE (Elaboração Ipea)

Publicação: Perfil da migração em SP
Reply With Quote
     
     
  #176  
Old Posted Oct 7, 2011, 12:59 PM
HLbsb's Avatar
HLbsb HLbsb is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 402


A tabela fala em população de 30 a 60 anos na região metropolitana, tendo como base o PNAD de 2009. Em todas as regiões metropolitanas observa-se o quantitativo total de pessoas na faixa etária, como soma de todos os municípios, exceto no Distrito Federal em que apenas o DF foi considerado, excluindo inclusive a Área Metropolitana de Brasília, o que certamente elevaria ainda mais esses números. Vamos esperar a consolidação dos dados de 2010, mas quase certamente é a segunda RM em número absoluto de migrantes, superando a RMRJ, ainda que esta tenha cerca de 3x mais pessoas.

De toda forma, o IPEA parece irrelevar a força migratória para o Planalto Central quando faz a seguinte afirmação:

"O caso do Distrito Federal é peculiar em dois sentidos: em primeiro lugar, é uma cidade nova, criada há cerca de 50 anos para ser sede do governo federal. Por esse motivo, houve forte incentivo migratório. Em segundo lugar, o contingente de migrantes no DF está superestimado em relação aos das outras RMs, porque se trata de uma cidade-estado: quem não nasceu na cidade, também não nasceu no estado. Nas demais regiões metropolitanas, diversamente, os migrantes intraestatuais – ou seja, aqueles que nasceram fora da RM, mas dentro do estado, não foram considerados como migrantes, devido às limitações dos dados da PNAD. Por isso, São Paulo emerge como a RM que atrai com maior intensidade pessoas de todas as regiões brasileiras, além de estrangeiros"

Que SP é o local que mais recebeu migrantes não há dúvidas. Só na década de 1970 a RMSP cresceu em números absolutos mais do que o tamanho da RIDE hoje. Mas que façam então uma publicação mais completa antes de excluir a AMB e afirmar que os dados do DF são "superestimados".

O percentual de migrantes na AMB fica na verdade bem subestimado se considerarmos apenas o DF e não estamos falando aí de uma "cidade-estado". Da mesma forma os números das demais RMs estão subestimados, já que não diferenciam quem veio de outros locais dentro do próprio estado. Que corrijam então essa falha metodológica com o CENSO de 2010 antes de fazer afirmações que chegam a ser absurdas.

==

Nota: AMB = Área Metropolitana de Brasília e inclui apenas os municípios do entorno imediato, ou seja: Valparaíso, Águas Lindas, Novo Gama, Formosa, Planaltina, Luziânia, Sto. Antonio e Cidade Ocidental (não tenho certeza se Pe. Bernardo entra).
Reply With Quote
     
     
  #177  
Old Posted Oct 7, 2011, 9:03 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Balão pousa em via que corta Parque da Cidade, em Brasília


Trânsito ficou lento na via por alguns minutos na manhã desta sexta (7).
Apesar do pouso, a polícia informou que ninguém ficou ferido no incidente.




Balão que pousou na via que corta o Parque da Cidade, em Brasília, na manhã sexta-feira (7). O trânsito ficou lento perto do Pavilhão do parque por alguns minutos. De acordo com a Polícia Militar, ninguém ficou ferido no incidente. (Foto: Ana Gabriela Sales/Divulgação)









http://g1.globo.com/distrito-federal...-brasilia.html
Reply With Quote
     
     
  #178  
Old Posted Oct 8, 2011, 12:29 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Após três vítimas Saúde investiga mortes e tenta conter bactéria


A morte da estudante do 5º ano do Colégio Marista (609 Sul) Fernanda Pires, 10 anos, na terça-feira (04/10), é o terceiro óbito no Distrito Federal relacionado à bactéria Streptococcus pyogenes. No último dia 27, uma nota técnica assinada por Sônia Maria Geraldes, diretora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, foi enviada aos hospitais e centros de saúde da capital informando sobre a “ocorrência de óbitos associados à infecção por Streptococcus pyogenes em agosto e setembro de 2011 no DF.” A nota segue com um alerta: “Esse evento representa risco de propagação ou disseminação que necessita de rápida intervenção médica onde os casos apresentados possuem um padrão epidemiológico diferente do habitual no Distrito Federal”.

Até então, havia duas mortes relacionadas à bactéria. Ontem à noite, a subsecretária de Vigilância em Saúde do DF, Cláudia Cunha, confirmou ao Correio que um exame de hemocultura feito em amostras colhidas de Fernanda Pires atestou a presença da Streptococcus pyogenes. No entanto, de acordo com Cláudia, ainda não é possível afirmar como foi a evolução da doença que matou a estudante de 10 anos.

A nota técnica, nº 11/2011, atesta que “a Subsecretaria de Vigilância em Saúde do Distrito Federal recebeu a notificação de dois óbitos, entre agosto e setembro, por doença invasiva provocada pela Streptococcus pyogenes, conforme resultado laboratorial”. As vítimas, informa a nota, eram duas pessoas do sexo feminino, de 11 e 38 anos, que apresentaram febre, mialgia (dores musculares), coriza e dispneia moderada (falta de ar). Nas duas situações, o quadro dos pacientes agravou-se em menos de 12 horas e as mortes das pacientes, mesmo elas tendo sido levadas para UTIs, ocorreram em até 24 horas após a internação. Segundo o texto, o intervalo entre o início dos sintomas e os óbitos foi de cinco dias.

O relato assemelha-se ao quadro que vitimou Fernanda. Ela se sentiu mal no último sábado, reclamou de dores de garganta, e apresentou febre, além de vômitos. Após ter sido atendida no Hospital Alvorada Taguatinga, Fernanda retornou para casa, mas, no domingo, voltou a sentir febre, desta vez acompanhada de tosse. A estudante foi levada novamente ao Alvorada na madrugada de segunda-feira, mas seu estado já era grave. Encaminhada à UTI do hospital à tarde, recebeu a atenção de vários especialistas, foi tratada com doses fortes de diversos antibióticos, mas o agente infeccioso que agiu no organismo da criança já havia se espalhado.

Infecção generalizada
Fernanda morreu por volta das 17h30 de terça-feira, vítima de disfunção múltipla dos órgãos causada por um choque séptico (infecção generalizada). Ela foi cremada ontem, em cerimônia reservada apenas a familiares e amigos mais próximos, no Jardim Metropolitano, em Valparaíso. Apesar das três mortes, a subsecretária Cláudia Cunha ressaltou que elas não estão interligadas. “Não existe qualquer correlação entre os três casos, que ocorreram com públicos diferentes e em locais distintos”, afirmou. Segundo ela, os casos estão sendo investigados e por enquanto não há motivos para alarde. “Não há porque criar qualquer situação desnecessária de alarde. Ainda não existe razão para isso”, afirmou (leia mais ao lado).

O Correio procurou hospit’ais da cidade. A assessoria de imprensa do Santa Lúcia, Santa Helena e Prontonorte informou que as unidades receberam orientação especial da Vigilância Epidemiológica sobre uma possível infecção pela bactéria Streptococcus pyogenes. As comissões de infecção hospitalar dos três hospitais já monitoram possíveis casos. O médico Caio Rosenthal, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, de São Paulo, ressaltou que existe a possibilidade de um surto e que as pessoas e os centros médicos da capital devem ficar atentos. “Uma nota técnica como essa é um alerta. É para deixar os médicos em suspeição.”

Informado sobre o que ocorreu com a estudante do Marista, Caio Rosenthal declarou que as famílias dos alunos do colégio devem ficar ainda mais atentas. “Elas devem, sim, ficar preocupadas. Pode ter havido transmissão. Não há vacina. O que essas famílias têm que fazer é estar atentas aos sintomas e, no surgimento deles, não fazer a automedicação. O paciente deve ser encaminhado a um hospital e explicar ao médico que teve contato com a criança que morreu”, acrescenta.















http://www.correiobraziliense.com.br...bacteria.shtml
Reply With Quote
     
     
  #179  
Old Posted Oct 8, 2011, 12:41 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Cinco devem ser presos por propina nos transportes


Polícia Civil realiza operação que aponta participação de funcionários da Secretaria de Transportes, em 2008 a 2009, em esquema de extorsão

A Polícia Civil do Distrito Federal, por meio da Divisão Especial de Repressão aos Crimes contra a Administração Pública do DF (Decap), iniciou, na madrugada de hoje, uma operação contra irregularidades no transporte público. Cinco mandados de prisão e 16 mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça. Três pessoas foram presas e duas estão foragidas.



Agentes da Civil apreenderam documentos, computadores, pen drives e outras mídias das residências dos denunciados



Pela manhã, os policiais da Decap levaram para a sede da delegacia documentos, mídias, computadores e pen drives apreendidos nas residências dos acusados, em Santa Maria, Gama, Paranoá, Recanto das Emas, Guará, Taguatinga, Núcleo Bandeirante e Cruzeiro. A investigação aponta que funcionários da Secretaria de Transportes exigiam o pagamento de propina para que a Cooperativa dos Profissionais do Transporte Alternativo do Gama (Coopatag) pudesse operar com 50 micro-ônibus. Na operação Regin foram presos Josenildo Batista Silva, José Estelito Lopes e Adevandro Pereira da Silva.


Os alvos da polícia são pessoas ligadas às cooperativas de transportes, laranjas e assessores políticos. Um dos mandados expedidos foi para Júlio Urnau, que já foi secretário-adjunto de Estado da Secretaria de Estado de Transportes do DF no governo Arruda e homem de confiança do ex-secretário de Transportes Alberto Fraga. Agentes da Civil foram à casa de Urnau, no Núcleo Bandeirante, mas ele não foi encontrado. Outro foragido é José Geraldo Oliveira de Melo, ex-assessor especial do governo Arruda.
Segundo informações prévias da operação, depoimentos dos cooperados da Coopatag informam que tanto Urnau quanto José Geraldo afirmaram que Alberto Fraga exigiu R$ 800 mil para que a cooperativa operasse no transporte coletivo do DF.







http://coletivo.maiscomunidade.com/c...SPORTES.pnhtml
Reply With Quote
     
     
  #180  
Old Posted Oct 8, 2011, 8:09 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is online now
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,842
Ai galera, que curte mexer no google earth, fique sabendo que atualizaram uma parte do DF dá pra ver a linha verde as Obras do estádio Águas claras super adensada o setor mangueiral entre outras coisas, ficou muito massa imagens de setembro de 2011
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 8:17 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2023, vBulletin Solutions, Inc.