HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #21  
Old Posted Jan 29, 2013, 2:37 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Inquérito confirma escutas ilegais no GDF, mas não explica motivações



Comissão da Polícia Civil conclui a ocorrência de quatro episódios classificados como arapongagem que envolvem autoridades do DF, mas não aponta nomes ou motivações. Escutas ilegais no Palácio do Buriti e vazamento de gravações foram alguns dos casos apurados


Criada em maio para investigar espionagem política na capital do país, a Comissão de policiais da elite do Distrito Federal concluiu relatório sem novidades. O trabalho foi encerrado no fim do ano passado e entregue pelo diretor-geral da Polícia Civil, Jorge Xavier, ao governador Agnelo Queiroz (PT), que, por sua vez o encaminhou à procuradora-geral de Justiça do DF, Eunice Amorim Carvalhido.

Com 25 páginas, o documento intitulado “Relatório final de atividades”, trata de quatro situações que podem ser classificadas como arapongagem. Mas não indica quem são os responsáveis pelos grampos ou vazamentos de informações e as motivações. O primeiro caso citado se refere à escuta clandestina instalada, em 2005, no telefone da casa da procuradora Cláudia Fernanda de Oliveira Pereira, do Ministério Público de Contas do DF.










http://www.correiobraziliense.com.br...tivacoes.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #22  
Old Posted Feb 5, 2013, 12:50 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Câmara do DF descarta pagar IR de 14º e 15º não recolhido de deputados




Por decisão da Mesa Diretora, parlamentar terá de recorrer individualmente CLDF informou que vai depositar, em juízo, o valor de multa imposta à Casa.


A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) anunciou que não vai pagar o valor não recolhido de Imposto de Renda sobre o 14º e 15º salários, entre 2008 e 2012, de 37 parlamentares e ex-parlamentares da Casa, nem a multa imposta a cada deputado pelo não recolhimento. Ao todo, a dívida com a Receita Federal chega a R$ 1,12 mihão.

Pela decisão da Mesa Diretora, que se reuniu na tarde desta segunda-feira (4), cada parlamentar terá de pagar o valor que deixou de ser recolhido e terá de recorrer individualmente sobre a multa cobrada pela Receita.

A Câmara também informou que vai questionar a decisão da Receita Federal, mas vai depositar, em juízo, os R$ 631 mil de multa à Casa. Segundo a Câmara, o recolhimento não foi feito porque a CLDF entendia que o 14º e 15º salários se tratavam de verbas indenizatórias e, portanto, estariam isentas do pagamento do IR.

O presidente da Câmara, Wasny de Roure (PT), afirmou que vai informar aos deputados nesta terça-feira (5) pela manhã sobre a decisão da Mesa Diretora.
Embora o benefício tenha sido oferecido desde 1999, a lei brasileira só permite cobrança de dívidas fiscais sobre os últimos cinco anos. No dia 28 de fevereiro do ano passado, a Câmara aprovou o fim do benefício. Em 2012, os deputados receberam apenas o 14º salário.

Dos 46 deputados distritais que atuaram entre 2008 e 2012, 9 parlamentares optaram por não receber o recurso. O pagamento do benefício foi extinto em 2012, por unanimidade.










http://g1.globo.com/distrito-federal...deputados.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #23  
Old Posted Feb 21, 2013, 6:50 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Câmara Legislativa do DF aprova fim dos votos e reuniões secretas



Mudanças integram novo regimento interno da Casa, analisado nessa terça Alterações também prevêem não haver limite para reeleição de corregedor.


A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou a substituição das votações secretas por votações abertas, além da proibição de reuniões e sessões secretas. As mudanças fazem parte do projeto que institui o novo regimento interno da Casa, analisado nesta terça-feira (19).

Também segundo o texto, os deputados que integram a Comissão de Governança, Transparência e Controle, criada no final de 2012, podem participar de mais duas comissões permanentes da Casa.

Para os outros distritais, permanece o limite de participar apenas de duas comissões permanentes. Ao todo, a Câmara do DF tem dez comissões.
As alterações também preveem não haver limite de reeleição para os cargos de corregedor e ouvidor.

Nesta segunda, a Casa publicou o número de vagas que cada partido e bloco ocupará nas comissões da Casa. O número de integrantes por partido ou bloco em de cada comissão depende do número de parlamentares de cada legenda.

Cinco blocos partidários agregam os 24 parlamentares. O PT-PRB e PMDB- PTC-PTdoB-PPL são os maiores, com seis integrantes cada. Cada bloco e partido tem direito a duas vagas por parlamentar – a exceção é o bloco PT-PRB, que, apesar de ter seis integrantes indica apenas 10 membros para as comissões, já que o presidente da Câmara, Wasny Rodrigues (PT), é impedido pelo regimento de integrar qualquer comissão.







http://g1.globo.com/distrito-federal...-secretas.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #24  
Old Posted Feb 21, 2013, 8:20 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
Muito bom, transparencia sempre! Otimo para o povo acompanhar de perto o que ocorre na Casa do Susto.


PS. Só falta o povo passar a realmente acompanhar.....
Reply With Quote
     
     
  #25  
Old Posted Feb 23, 2013, 9:38 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Câmara do DF propôs 270 leis inconstitucionais em 21 anos



Tribunal de Justiça derruba uma média de 12,8 leis por ano Deputados afirmam que número de propostas ilegais tem diminuído.


Nos últimos 21 anos, 270 leis propostas na Câmara Legislativa do Distrito Federal foram declaradas inconstitucionais pelo Tribunal de Justiça, uma média de 12,8 propostas ilegais por ano. A mais recente foi a lei que propunha o aumento no salário dos servidores do Tribunal de Contas do DF, aprovada pelos deputados distritais no final de 2012.

Os deputados alegam que o número de leis inconstitucionais tem caído. Em 2012, duas propostas foram extintas, a que previa a transferência de uso de área pública para feirantes e a que criava o banco de DNA de suspeitos de praticar estupro no DF.

Para o jurista Paulo Castello Branco, os deputados vão continuar fazendo leis inconstitucionais para conquistar eleitorado. “Quando a lei é inconstitucional, ele [o deputado] é comunicado que ela será inconstitucional, mas ele apresenta assim mesmo para agradar o seu eleitorado”, diz.

A lei que prevê o aumento nos salários dos servidores do Tribunal de Contas está sendo discutida pelo Conselho Especial do Tribunal de Justiça, prevista para a próxima terça-feira (26). O relator vai dizer se aceita ou não o pedido de liminar feito pelo ministério público para impedir o aumento.

Um dos argumentos do MP é de que esse aumento não estava previsto na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Os valores também ultrapassam o teto salarial do funcionalismo público.








http://g1.globo.com/distrito-federal...m-21-anos.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #26  
Old Posted Mar 6, 2013, 2:56 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
DF tem o maior número de deputados com 100% de presença no trabalho em 2012



Metade dos parlamentares eleitos na capital federal não faltou nenhuma sessão no plenário da Câmara




Augusto Carvalho, Policarpo, Reguffe e Pitiman são os deputados que não faltaram a nenhuma sessão deliberativa


Os deputados federais do Distrito Federal estão entre os mais assíduos na Câmara dos Deputados. Em 2012, apenas 21 parlamentares (3,9%) compareceram a 100% das sessões deliberativas do plenário, sendo o maior número deles do DF.

Quatro deputados do DF não faltaram a nenhuma sessão, seguidos do Rio de Janeiro e São Paulo (três cada) e Paraná (dois). Os outros Estados têm apenas um deputado sem faltas.

Como a capital federal tem oito deputados federais, o índice de parlamentares que não faltaram a nenhuma sessão no ano passado é de 50%, muito maior que Rio de Janeiro e São Paulo.

Os paulistas têm 70 deputados, 4,2% deles com presença em todas as sessões. No caso dos cariocas, são 46 parlamentares, 6,5% com presença total no plenário da Câmara.

Os deputados que não faltaram a nenhuma sessão deliberativa do plenário são: Augusto Carvalho (PPS-DF), Luiz Pitiman (PMDB-DF), Policarpo (PT-DF) e Reguffe (PDT-DF).

Carvalho, Pitiman e Reguffe foram às 91 sessões realizadas em 2012. Policarpo, por sua vez, compareceu às 77 sessões realizadas no período que ele esteve na Câmara como deputado. O parlamentar ficou fora da Casa entre junho e julho.

Dos outros quatro deputados federais do DF, apenas Jaqueline Roriz (PMN) e Ronaldo Fonseca (PR) compareceram a menos de 90% das sessões do ano passado. Jaqueline foi a 75 sessões (82,4%) e Fonseca a 81 sessões (89,1%).

Izalci (PSDB) só faltou a uma sessão (98,9% de presença) e Erika Kokay (PT) faltou a quatro sessões do plenário (95,6% de presença).












http://noticias.r7.com/distrito-fede...-20130306.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #27  
Old Posted Mar 6, 2013, 2:59 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Se não fosse assim, só matando
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #28  
Old Posted Mar 17, 2013, 5:06 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,560
Faz greve de fome em Brasília e acaba furtado

Jorge Luís do Carmo, de 28 anos passou por uma situação inusitada. O estudante de Direito da Faceca, em Varginha, foi a Brasília fazer greve de fome contra Renan Calheiros (PMDB-AL) na Presidência do Senado. Jorge chegou a Brasília na segunda-feira da semana passada, onde acampou no gramado em frente ao Congresso Nacional. De lá para cá, bebe apenas água e vitamina C. Nenhum senador ou deputado se interessou pelo protesto do estudante. Jorge também penou com o sol forte e a água da chuva que invadiu algumas vezes a barraca. Como se não bastasse, furtaram os últimos 60 reais que o estudante tinha na carteira. Ele se descuidou alguns minutos, tirando fotos com turistas. Quando voltou para a barraca, ela estava aberta e a carteira, vazia. E a Polícia Militar exigiu que ele desmontasse a barraca. O blog enviou mensagens para a página do estudante e parentes no Facebook e também ligou para a Faceca, onde recebeu a notícia de que Jorge continuou seu protesto solitário e deve retornar nesta sexta a Varginha.

Fonte: http://www.blogdomadeira.com.br/poli...acaba-furtado/
Reply With Quote
     
     
  #29  
Old Posted Mar 17, 2013, 5:09 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,560
Eu sabia que ele não aguentaria muito. Nem mesmo os 2 mega abaixos assinados que fizeram para derrubar Renan e Feliciano não surtirão efeito nenhum e nem adianta vir empresa online especializada em abaixos assinados virtuais, pois quem irá certificar se realmente o nome das pessoas são REAIS ou VIRTUAIS.

Reparem o caso desses mesmos abaixos assinados, reuniram 2 milhões de assinaturas, mas não condiz com a realidade das manifestações realizadas no Brasil. Só para efeito de comparativo, dizem que somente em Brasília foram 150 mil pessoas.

Mas no dia da manifestação fora Renan e Feliciano não apareceram 100 pessoas. Aí tem...

O mesmo se aplica a criação do pseudo partido da Marina Silva REDE. Na internet um sucesso de audiência. Mas na vida real, estão sofrendo para conseguir as 500 mil assinaturas.
Reply With Quote
     
     
  #30  
Old Posted Mar 24, 2013, 10:42 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Denúncia do mensalão do DEM deve ser julgada neste ano, diz relator



STJ vai decidir se abrirá ação penal contra 37 acusados de envolvimento Suposto esquema de corrupção no Distrito Federal foi revelado pela PF.

A denúncia do Ministério Público Federal contra o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda e outros 36 acusados de participar do chamado mensalão do DEM deve ser julgada ainda neste ano pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), afirmou ao G1 o ministro Arnaldo Esteves Lima, relator da ação.

Foto: Renato Araújo/Agência Brasil

O ex-governador do Distrito Federal José Roberto
Arruda

Segundo a denúncia da Procuradoria-Geral da República, eles participaram de um esquema de corrupção e pagamento de propina no governo do Distrito Federal, revelado após a deflagração, em 2009, da Operação Caixa de Pandora pela Polícia Federal. Arruda sempre negou envolvimento com o suposto esquema.

O ministro Arnaldo Lima disse que organizará no gabinete um “pequeno mutirão” para acelerar a análise da defesa dos acusados e elaborar o relatório.
“Ainda neste ano, possivelmente no segundo semestre, devo levar o caso à corte especial do STJ para decidir sobre a abertura ou não de ação penal. Quero resolver isso o mais rápido possível”, disse.

A denúncia contra Arruda, o ex-vice-governador do Distrito Federal Paulo Otávio, deputados distritais e ex-secretários de governo foi feita pela Procuradoria-Geral da República em outubro do ano passado.

Se a corte especial do STJ, formada pelos 15 ministros mais antigos do tribunal, decidir aceitar a denúncia, os acusados se tornarão réus em uma ação penal.

Quase todas as autoridades envolvidas no escândalo deixaram os cargos ou foram cassadas. O caso permanece no Superior Tribunal de Justiça porque um dos denunciados é o conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Distrito Federal Domingos Lamoglia.

De acordo com o ministro, um dos 37 suspeitos de participação no esquema ainda não apresentou defesa.

“Tivemos que acionar a Defensoria Pública, que ainda entregará defesa. A partir disso, enviaremos o processo à Procuradoria-Geral da República para as considerações finais e eu vou elaborar o voto e o relatório”, disse.

Arnaldo Esteves Lima também afirmou que analisará se vai desmembrar o processo ou se as acusações contra todos os 37 devem ser apreciadas pelo STJ.

“Antes de levar meu relatório, devo apresentar uma questão de ordem para julgamento na corte especial. Vamos decidir se repassamos para a primeira instância parte do processo, já que apenas o conselheiro do TC-DF continua com foro especial.”

É improcedente, diz defesa

Ao G1, o advogado Nélio Machado, que representa Arruda, disse estar preparado para demonstrar na corte a "improcedência" da acusação.

"A denúncia é toda baseada no depoimento comprometido do Durval Barbosa, que recebe benesses indevidas e não merece credibilidade alguma. Além disso, a maioria dos fatos antecedem o governo do senhor José Roberto Arruda", afirmou.

Ex-secretário de Relações Institucionais do governo Arruda, Durval Barbosa foi quem delatou o mensalão do DEM. Nélio Machado disse ainda que vai desqualificar os vídeos gravados por Durval em que Arruda e integrantes do governo do Distrito Federal aparecem recebendo maços de dinheiro.

"A própria Polícia Federal desqualificou as provas, disse que o Durval manipulava as provas. Vou dar ênfase nessa manipulação", disse.

Ao ser denunciado pela Procuradoria-Geral, o ex-vice-governador Paulo Octávio afirmou não haver provas contra ele nas investigações. "Recebo com surpresa a notícia que o procurador-geral incluiu meu nome na denúncia apresentada ao STJ. Não há nenhuma prova contra mim, não fui apontado no relatório elaborado pela Polícia Federal e tenho convicção de que esta peça não vingará quando for analisada pela Justiça", afirmou na ocasião.

Mensalão do DEM

O suposto esquema do mensalão do DEM de Brasília foi descoberto depois que a PF deflagrou, em novembro de 2009, a operação Caixa de Pandora, para investigar o envolvimento de deputados distritais, integrantes do governo do Distrito Federal, além do então governador José Roberto Arruda e de seu vice, Paulo Octávio (sem partido, ex-DEM). Octávio e Arruda sempre negaram envolvimento com o suposto esquema de propina.

Arruda chegou a ser preso, deixou o DEM para não ser expulso e foi cassado pela Justiça Eleitoral. Paulo Octávio renunciou ao cargo para defender-se das acusações.

Durante meses, o DF esteve ameaçado de intervenção federal, devido ao suposto envolvimento de deputados distritais, integrantes do Ministério Público e do Executivo com o esquema denunciado por Durval Barbosa.

Em junho, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, denunciou ao STJ 37 pessoas suspeitas de envolvimento no mensalão do DEM. Entre os denunciados estão Arruda, apontado pelo MPF como chefe da suposta organização criminosa.

Também fazem parte do rol de denunciados o ex-vice-governador Paulo Octávio, o ex-secretário de Relações Institucionais e delator do esquema, Durval Barbosa, ex-secretários de estado, deputados distritais e o conselheiro licenciado do Tribunal de Contas do DF Domingos Lamoglia.

Mesmo afastado do Tribunal de Contas desde dezembro de 2009, Lamoglia mantém o foro privilegiado. A prerrogativa do conselheiro é que levou a denúncia para o STJ, na medida em que os demais envolvidos que tinham foro perderam seus cargos por conta do escândalo.

Com 180 páginas, a denúncia relata com como operavam os integrantes da suposta organização criminosa. Segundo Gurgel, os operadores do esquema teriam “inovado” ao introduzir na administração pública o “reconhecimento de dívida”.

De acordo com a PGR, um decreto publicado por Arruda teria permitido a realização de pagamentos pelo governo do DF mesmo sem que fosse comprovada a prestação de serviços.

O método, complementou Gurgel, teria assegurado contratações com dispensa de licitação, principalmente de empresas do setor de informática.

“Era um negócio fantástico. Por exemplo, você conhece uma pessoa que é dona de uma empresa, aí afirma no despacho que essa empresa vem prestando serviços de limpeza para o governo. Não é necessário que ela tenha prestado esse serviço, desde que várias pessoas afirmem que ela vem prestando. Com isso, foi possível pagar valores extremamente generosos, obtendo futuramente a contrapartida”, relatou Gurgel.

A denúncia da PGR também detalha a partilha do dinheiro desviado dos cofres públicos. Conforme o procurador-geral, Arruda recebia 40% da propina, Paulo Octávio, 30%, e os secretários de estado, 10%. A fatia, porém, variava de acordo com cada contrato, descreveu Gurgel.

Junto com a denúncia, o procurador-geral enviou para o STJ 70 caixas com documentos que demonstrariam como a quadrilha liderada por Arruda atuava.









http://g1.globo.com/distrito-federal...z-relator.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #31  
Old Posted Mar 25, 2013, 12:52 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,560
Já imaginou, quando esse mensalão chegar no STF e os ministros alegaram que as provas foram conseguidas sem autorização da justiça, a videoteca do Durval para para o saco.
Reply With Quote
     
     
  #32  
Old Posted Mar 26, 2013, 1:32 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Eleições GDF 2014 : O Jogo está apenas começando




A exatidão da matemática não tem conseguido uma boa morada nas análises políticas que focam as eleições do Distrito Federal para 2014. É fato que a disputa eleitoral já começou e já se avista a plumagem dos cocares dos principais caciques políticos locais. Entretanto, os apressados pintores de cenários futuros, ao buscarem nos números a mistura de tintas ideal para os seus quadros, tropeçam no cavalete da razão.

No contexto local não há como não reconhecer que Agnelo Queiroz, Magela, Roriz, Arruda, Cristovam, Reguffe, Rolemberg, Toninho, Fraga, Izalci, Pitiman e Eliana Pedrosa já se movimentam em direção a disputa majoritária, o que de pronto inviabiliza a construção de um modelo matemático capaz de amparar a antecipação de vitória de quem quer que seja. O percentual de votos obtidos nas últimas eleições não pode ser parâmetro suficiente para determinar quem pode ou não pode vencer o pleito, levada em consideração a devastação do cenário político do Distrito Federal. Tudo deve ser entendido somente como “recall”. A partir daí, é razoável prever, apenas, que tudo ainda pode acontecer.

Improvável mesmo só a tese de que Agnelo poderia ser reeleito por W.O., ou seja, pela ausência de concorrentes. Em que pese à força da “caneta” de governador, o robusto leque de partidos que o apoiaram na sua eleição já não conta com a potência de partidos importantes, tanto no cenário local quanto nacional, como no caso do PSB, que certamente construirá candidatura própria respaldado nas pretensões presidenciais do governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Ademais, recentes pesquisas de opinião apontam Agnelo com apenas 11% (onze por cento) de intenções de voto, contra o percentual acima de 20% (vinte por cento) atingido por pelo menos dois de seus adversários. Portanto, não há por que se falar em W.O, a não ser que o atual governador se ausente da disputa.

Outro aspecto que esmaece as cores da pintura de uma nova faixa de governador nos ombros de Agnelo é a sempre difícil articulação dentro de seu próprio partido, PT, que diante dos altíssimos índices de desaprovação de seu governo, tem bradado fortemente a tese de ampliação do debate interno para a escolha de quem poderá encabeçar a chapa petista.

Enganam-se aqueles que não acreditam na formação de uma coalizão de forças da oposição. Sem dúvida que o acontecimento dessa união, necessariamente passará por um exaustivo processo de negociação, no entanto, o pragmatismo que falta no seio petista, sobra nos principais nomes que fazem a atual oposição, não obstante a vaidade pessoal de cada um deles.

Certo mesmo é que o eleitorado do DF amadureceu pelo sofrimento. Portanto, não adianta escolher o placar no começo da partida. O jogo está apenas começando.


















http://guardiandf.com.br/index.php/g...come%C3%A7ando
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #33  
Old Posted Mar 26, 2013, 1:43 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Realmente vai ser uma baixaria só, vai ter uma pancada de candidatos, a maioria incompetente, estamos lascados
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #34  
Old Posted Mar 26, 2013, 4:02 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,560
Quote:
Originally Posted by MAMUTE View Post
Realmente vai ser uma baixaria só, vai ter uma pancada de candidatos, a maioria incompetente, estamos lascados
O Mais perigoso é o Toninho do PSOL. Se ele chegar ao poder, vai virar uma nova Martaxa. Querem apostar...
Reply With Quote
     
     
  #35  
Old Posted Apr 13, 2013, 12:58 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,560
Alguém já viu esse site do jornal DFNotícias? Um site que não esconde que é de algum amigo do Roriz. Pior agora fala que ano que vem vai ter a Dobradinha Roriz Governador e Arruda Vice. Alguém acredita nisso?

http://www.dfnoticias.com.br/
Reply With Quote
     
     
  #36  
Old Posted Apr 13, 2013, 8:11 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
Isso é bobagem, Roriz esta inelegível ate 2023, quando já estará morto ou gagá. Para se candidatar teria que ser liberado pelo STF e tem pouquíssimas chances disso acontecer...

O Arruda esta queimadissimo. É bem mais provável a formação de uma chapa com a Eliana Pedrosa a frente com a insossa da Liliane Roriz como vice e os velhos caciques como eminencias pardas.

Dou outro lado o Cristovan praticamente já começou sua pré-campanha.

Pode escrever e depois me cobrem, nomes dos candidatos: Aglerdo, Eliana Pedregulho e Cristovão
Reply With Quote
     
     
  #37  
Old Posted Apr 13, 2013, 8:24 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Quote:
Originally Posted by Jota Ferro View Post
Isso é bobagem, Roriz esta inelegível ate 2023, quando já estará morto ou gagá. Para se candidatar teria que ser liberado pelo STF e tem pouquíssimas chances disso acontecer...

O Arruda esta queimadissimo. É bem mais provável a formação de uma chapa com a Eliana Pedrosa a frente com a insossa da Liliane Roriz como vice e os velhos caciques como eminencias pardas.

Dou outro lado o Cristovan praticamente já começou sua pré-campanha.

Pode escrever e depois me cobrem, nomes dos candidatos: Aglerdo, Eliana Pedregulho e Cristovão
Acho que o regufe sera o candidado do PDT, o crisrovao esta sem moral no partido, tanto que foi cogitado para entrar no partido da marina silva, mas como politica
e uma caixa de surpresas e dificil saber de algo concreto
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #38  
Old Posted Apr 13, 2013, 9:41 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is offline
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,560
A corrente dos mortos vivos PPS-PDT-PSOL-PSTU. Todos a favor do LGBT então não terão 40% do eleitorado que é EVANGÉLICO. PPS e PDT se elegeu com a dobradinha com PMDB e PT. Agora sem dobradinha duvido que consigam emplacar deputados, senador ou até governador.
Reply With Quote
     
     
  #39  
Old Posted Apr 17, 2013, 1:39 AM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Ex-governador José Roberto Arruda é condenado a cinco anos de prisão


A sentença também determina que Arruda pague multa de R$ 400 mil por dispensar indevidamente licitação para reformar o ginásio Nilson Nélson em Brasília


O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão, em regime semi-aberto, por dispensar indevidamente uma licitação, em 2008, para reformar o ginásio de esportes Nílson Nélson em Brasília. Arruda também foi condenado a pagar multa de R$ 400 mil, o equivalente a 4% do valor das obras.

De acordo com o Ministério Público do Distrito Federal, Arruda demorou a dar início às obras de reforma do ginásio para o campeonato mundial de futebol de salão a fim de contratar a empreiteira Mendes Júnior em caráter emergencial.

Foto: Paulo de Araújo/CB/D.A Press

CONDENADO
O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda

Além de Arruda, o ex-secretário de obras do DF Márcio Machado também foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão em regime semi-aberto e a pagar multa de R$ 300 mil. Tanto Arruda quanto Márcio Machado poderão recorrer da sentença do juiz Carlos Pires Soares Neto, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, em liberdade.

Em agosto de 2012, o Superior Tribunal de Justiça abriu um processo contra Arruda e outras 36 pessoas por envolvimento no escândalo que ficou conhecido como o Mensalão do DEM. Arruda é acusado de corrupção passiva e formação de quadrilha.












http://revistaepoca.globo.com//Brasi...de-prisao.html
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #40  
Old Posted Apr 18, 2013, 4:23 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,799
Ex-senador Luiz Estêvão vai se filiar ao PRTB e prepara volta à política



A despeito dos direitos políticos cassados até o ano que vem, o ex-senador Luiz Estêvão começa a se mexer para voltar ao cenário político, talvez em 2018.

Ele vai deixar o PMDB do Distrito Federal e se filiar ao pequeno PRTB, a convite do presidente da legenda, Levy Fidelix, que esteve na capital nesta quarta para conversar com o empresário.

“É uma deferência de Levy, de quem sou amigo há muitos anos. Meu objetivo é trabalhar a organização de um grupo político”, revela Estêvão à coluna. Ele ainda não avisou ao PMDB mas a decisão está tomada. “Há muito tempo eu e Levy estamos amadurecendo a ideia”, complementa.

Estêvão evitou no entanto revelar o propósito da troca, mas indicou que tem a ver com as tratativas do PRTB para 2014. “O que não significa que vou assumir o partido no DF”. Mas terá o papel, de acordo com Fidelix, de filiar nomes conhecidos na capital na legenda.

Fidelix disse à coluna que Estêvão estaria preparando uma de suas filhas para lançá-la candidata a deputada federal ano que vem. O empresário confirma o interesse do partido, mas nega. “Nenhum filho meu será candidato em 2014″.

Sobre a pretensão de fortalecer o PRTB em Brasília, para articulações de palanques regional e presidencial daqui a um ano, Estêvão evita declarações que possam comprometer a sua estratégia. “Política é uma atividade em que tudo pode se conversar até uma semana antes da campanha”, sentencia, e em seguida deixa o mistério: “Política é uma arte em que você pode falar tudo, menos o que você pensa”.

Os rumos do PRTB são incertos em 2014, mas Fidelix já se movimenta. Conforme a coluna revelou, ele conversa com o PSB de Eduardo Campos em São Paulo e, chateado com o rumo atual do governo Dilma, de quem é aliado, pode desembarcar na chapa socialista. Nesta quinta à noite, Levy leva ao ar o programa nacional do PRTB em rede nacional de televisão. Vai criticar a política econômica – na linha de Campos – e até citará que a presidente tirou de suas propostas a desoneração da cesta básica.

Estêvão, o novo aliado no DF, porém é mais cauteloso: “Quem apostar hoje de olhos fechados o que vai acontecer daqui um ano, vai embarcar numa canoa furada. É muito cedo, assim é política, sempre foi assim”.

Memória

Ex-deputado distrital e senador eleito em 1998, Luiz Estêvão foi o primeiro senador da História cassado, em Junho de 2000, por quebra de decoro após envolvimento nas denúncias de superfaturamento na construção do Fórum do Trabalho de São Paulo, realizada por sua empreiteira. O caso ficou conhecido como escândalo do Juiz Lalau – Nicolau dos Santos Neto, à época desembargador presidente ligado diretamente à obra.

Desde então, Estêvão concentrou suas atividades no ramo empresarial, de construção civil em especial. Há poucos meses, bancou uma festa milionária para uma de suas filhas em Brasília, na qual teria pago pelo menos R$ 600 mil só para a apresentação de um DJ internacional.









http://colunaesplanada.blogosfera.uo...ta-a-politica/
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 10:39 AM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2022, vBulletin Solutions, Inc.