HomeDiagramsDatabaseMapsForum About
     

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais


Reply

 
Thread Tools Display Modes
     
     
  #181  
Old Posted Nov 26, 2014, 12:17 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Que estranho... Nos rótulos dos produtos Pullman vem escrito que foram fabricados em Santa Maria (isso já vem há pelo menos 2 anos).

Notícia muito estranha, sei não hein...
Fabricados em Santa Maria (RS) e não na nossa Santa Maria.
O mesmo ocorre com a Wickbold, jamais comprei algum pão do grupo made in Santa Maria DF.
Reply With Quote
     
     
  #182  
Old Posted Nov 26, 2014, 2:16 PM
Jota's Avatar
Jota Jota is offline
Registered User
 
Join Date: Sep 2011
Posts: 3,488
Pô Fabiano.... a Santa Maria ai é um pouco mais longe....
Reply With Quote
     
     
  #183  
Old Posted Nov 26, 2014, 3:23 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Quote:
Originally Posted by Jota View Post
Pô Fabiano.... a Santa Maria ai é um pouco mais longe....
Eu mesmo consumo produtos da Bimbo e Wickbold, até agora não vi nenhum rótulo colocando fábrica de Santa Maria DF. Já vi Santa Maria RS.
Reply With Quote
     
     
  #184  
Old Posted Nov 26, 2014, 3:52 PM
Espartano_bsb Espartano_bsb is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 483
Acho que tem uma distribuição em Santa Maria/DF, não é? Fica muito caro mandar o pão do RS.
Reply With Quote
     
     
  #185  
Old Posted Nov 26, 2014, 3:54 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Quote:
Originally Posted by Espartano_bsb View Post
Acho que tem uma distribuição no DF, não é? Fica muito caro mandar o pão do RS.
Mesmo se ocorresse, porque omitir a fábrica de Santa Maria DF e continuar com a fábrica Santa Maria RS estampando os rótulos.
Reply With Quote
     
     
  #186  
Old Posted Nov 26, 2014, 3:56 PM
Espartano_bsb Espartano_bsb is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 483
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Mesmo se ocorresse, porque omitir a fábrica de Santa Maria DF e continuar com a fábrica Santa Maria RS estampando os rótulos.
Ele está falando do pão pullman. Joga no google.
Reply With Quote
     
     
  #187  
Old Posted Nov 26, 2014, 7:48 PM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,969
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Mesmo se ocorresse, porque omitir a fábrica de Santa Maria DF e continuar com a fábrica Santa Maria RS estampando os rótulos.
Certeza absoluta que os produtos Pullman eram fabricados no Polo JK, vinha com o endereço completo do local.

Sempre vem vários endereços e uma letra de onde o produto foi fabricado. Somente alguns produtos eram fabricados no Polo JK (bisnaguinha por exemplo).

Estou falando pq eu sou doido e fico sempre olhando onde os produtos são fabricados (coisas de doido mesmo). A primeira vez que comprei um produto fabricado no Polo JK, eu quase chorei de emoção, hehehehehehe.

A não ser que eles mentiram, mas que era, era. Hehehehehe.
Reply With Quote
     
     
  #188  
Old Posted Nov 26, 2014, 9:52 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Muito estranho, pois compro semanalmente produtos da Pullman no Pão de Açucar da 516 sul e jamais veio com esses rótulos da Santa Maria DF.
Reply With Quote
     
     
  #189  
Old Posted Nov 26, 2014, 10:50 PM
Espartano_bsb Espartano_bsb is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 483
Acabei de olhar o pão de forma da Pullman daqui de casa... E... Santa Maria/DF. No Rio Grande do Sul a fábrica fica em Gravataí.
Reply With Quote
     
     
  #190  
Old Posted Nov 27, 2014, 12:16 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Quote:
Originally Posted by Espartano_bsb View Post
Acabei de olhar o pão de forma da Pullman daqui de casa... E... Santa Maria/DF. No Rio Grande do Sul a fábrica fica em Gravataí.
Eu sei que pelo visto o grupo GPA não compra da fábrica daqui então. Nenhuma embalagem que tenho aqui vem com a fábrica de Santa Maria.
Reply With Quote
     
     
  #191  
Old Posted Nov 27, 2014, 10:21 AM
salengasss salengasss is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 1,531
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Eu sei que pelo visto o grupo GPA não compra da fábrica daqui então. Nenhuma embalagem que tenho aqui vem com a fábrica de Santa Maria.

Vc está precisando comprar as coisas da sua cidade, cabra sem vergonha!
Reply With Quote
     
     
  #192  
Old Posted Nov 27, 2014, 10:27 AM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Quote:
Originally Posted by salengasss View Post
Vc está precisando comprar as coisas da sua cidade, cabra sem vergonha!
Mizifi vc que é chique, fica tomando uisque 12 anos... E eu aqui na cachaça 51...kkkkk
Reply With Quote
     
     
  #193  
Old Posted Nov 27, 2014, 11:16 AM
fabiano's Avatar
fabiano fabiano is offline
Registered User
 
Join Date: May 2013
Location: Brasília
Posts: 2,969
Quote:
Originally Posted by pesquisadorbrazil View Post
Eu sei que pelo visto o grupo GPA não compra da fábrica daqui então. Nenhuma embalagem que tenho aqui vem com a fábrica de Santa Maria.
Sabe pq te digo isso. É que assim que inauguraram a fábrica do Polo Jk (em 2012), todo os supermercados de Santa Maria ficaram lotados de produtos Pullman (antigamente era raro encontrar).

Lembro bem que a sigla da fábrica do Polo JK era BB e até hoje é.

Acho estranho venderem produtos de outras fábricas em outros supermercados do DF.
Reply With Quote
     
     
  #194  
Old Posted Nov 27, 2014, 12:52 PM
Espartano_bsb Espartano_bsb is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 483
O Pesquisador fica chorando as pitangas, mas na verdade é um burguês que só compra pão em boutique de pães.
Reply With Quote
     
     
  #195  
Old Posted Nov 27, 2014, 1:08 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Quote:
Originally Posted by fabiano View Post
Sabe pq te digo isso. É que assim que inauguraram a fábrica do Polo Jk (em 2012), todo os supermercados de Santa Maria ficaram lotados de produtos Pullman (antigamente era raro encontrar).

Lembro bem que a sigla da fábrica do Polo JK era BB e até hoje é.

Acho estranho venderem produtos de outras fábricas em outros supermercados do DF.
Tudo gira entorno do lugar aonde a GPA compra, vai que em determinados locais, eles são isentos de impostos ou ganha créditos para isso. Tem casos que eu mesmo estranho rs.

Igual você comprar uma peça em Manaus, digo de moto ou eletroeletronico. A peça não vem diretamente de Manaus, existe todo tramite burrocratico. A peça saí da fábrica, vai para Sampa para depois voltar a Manaus para sua casa.

Tem haver com as tributações. Mas isso é coisa para quebrar nossa cabeça kkk
Reply With Quote
     
     
  #196  
Old Posted Nov 27, 2014, 3:58 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
Aqui em Brasília se encontram em varias padarias produtos da Coca Cola, fabricados em Goiânia, sendo que, aqui tem uma fabrica em Taguatinga
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
  #197  
Old Posted Nov 27, 2014, 4:31 PM
salengasss salengasss is offline
Registered User
 
Join Date: May 2011
Posts: 1,531
Quote:
Originally Posted by Espartano_bsb View Post
O Pesquisador fica chorando as pitangas, mas na verdade é um burguês que só compra pão em boutique de pães.

isso mesmo, Espartano.... no La Boulangerie e no Daniel Briand, o Pesquisa tem conta na caderneta!
Reply With Quote
     
     
  #198  
Old Posted Dec 1, 2014, 2:47 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
Quote:
Originally Posted by salengasss View Post
isso mesmo, Espartano.... no La Boulangerie e no Daniel Briand, o Pesquisa tem conta na caderneta!
Que isso mizifi, fiquei sabendo que você anda guardando dinheiro no colchão para comer os alfajores da Havanna.
Reply With Quote
     
     
  #199  
Old Posted Dec 3, 2014, 9:34 PM
pesquisadorbrazil's Avatar
pesquisadorbrazil pesquisadorbrazil is online now
LLAP
 
Join Date: May 2011
Location: Brasília DF
Posts: 25,867
IMAmt inaugura microfábrica em Brasília, em parceria com Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia


Um passo importante e necessário no sentido de encontrar novas biotecnologias para controlar insetos-praga e nematoides que ameaçam o cultivo do algodoeiro, e fazer com que os resultados da pesquisa cheguem ao campo – assim o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) e do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt), Milton Garbugio, definiu a microfábrica inaugurada na segunda-feira (24 de novembro), em Brasília.

Resultado de uma parceria entre o IMAmt – o braço tecnológico da Ampa – e a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, a Unidade Experimental de Desenvolvimento de Bioinseticidas foi inaugurada como parte das comemorações dos 40 anos dessa unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) sediada na capital federal.

A solenidade contou com as presenças do presidente da Embrapa, Maurício Lopes, do chefe-geral da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, José Manuel Cabral S. Dias, e do diretor executivo do IMAmt, Alvaro Salles, além dos pesquisadores envolvidos diretamente na parceria Embrapa-IMAmt, como Rose Monnerat, coordenadora da equipe do Laboratório de Bactérias Entomopatogênicas (LBE), Paulo Queiroz e Marcelo Soares.

O pesquisador Marcelo Soares, da equipe do IMAmt, explicou que a planta-piloto é destinada à produção de bactérias com diferentes propósitos, como o controle de insetos-pragas (lagartas, besouros, sugadores, etc) e de nematoides, ou ainda promover o crescimento das plantas. “O trabalho que era feito antes em tubos de ensaio poderá ser feito agora em escala maior, permitindo diferentes formulações a partir de bactérias selecionadas de aproximadamente 2.500 raças de Bacillus thuringiensis do banco da Embrapa Recursos Genéticos e Bioteconologia”, diz Soares.

De acordo com Alvaro Salles, o trabalho de prospecção desses micro-organismos com potencial para utilização nas lavouras de algodão vem sendo realizado há alguns anos, em parceria com a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. A microfábrica, montada com recursos do IMAmt na sede dessa unidade da Embrapa, dispõe de equipamentos que permitem elaborar diferentes tipos de formulação que podem ser interessantes para o agronegócio do algodão. Essas formulações serão testadas em ensaios de campo com o objetivo de se obterem registros e a se chegar a protótipos comerciais.

“O campo do controle biológico é muito promissor e hoje desperta o interesse de grandes empresas voltadas para o controle de pragas e o desenvolvimento de novas tecnologias”, argumenta Garbugio. Segundo ele, o IMAmt está ciente da importância das biotecnologias e empenhado em desenvolver bioinsetecidas e outros produtos biológicos que possam ser produzidos por parceiros comerciais, de modo a serem utilizados pelos produtores em suas lavouras.

Reply With Quote
     
     
  #200  
Old Posted Feb 9, 2015, 12:36 PM
MAMUTE's Avatar
MAMUTE MAMUTE is offline
...
 
Join Date: Nov 2010
Location: Brasília
Posts: 13,846
Diversificar o setor produtivo é a solução para o DF sair da crise



Especialistas apontam que o DF precisa apostar em áreas como tecnologia, logística, agricultura e previdência complementar para arrecadar mais e gerar renda e emprego


A crise financeira que vive o GDF evidencia a necessidade urgente de aumentar a arrecadação local para manter os crescentes gastos com a máquina pública. A taxa média de desemprego em 11,7% — a terceira mais alta entre as regiões metropolitanas brasileiras — e de 26,4% entre os jovens de 16 a 24 anos também é uma preocupação do governo e da sociedade. Especialistas são unânimes em afirmar que a capital precisa, de maneira emergencial, diversificar a matriz produtiva para conseguir manter o equilíbrio na geração de renda e emprego local.

Assunto recorrente entre os últimos governos, as instituições de ensino e os setores econômicos, a vocação produtiva da cidade está novamente em xeque. Se a administração pública é o principal vetor econômico, é hora de pulverizar essa excessiva dependência. “Se não aparecer uma política eficaz para o setor econômico, daqui a quatro anos, a gente vai estar com um deficit acumulado maior do que o atual e com os mesmos problemas financeiros, discutindo de novo a importância de diversificar matriz”, defende Jamal Jorge Bittar, presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra).

A necessidade de diversificação da matriz econômica do Distrito Federal não é uma discussão recente. Por isso, quando o assunto é colocado em pauta, há um ar de descrença no empresariado. O professor do departamento de economia da UnB Jorge Madeira Nogueira defende que as administrações do governo do DF não conseguem fazer uma real política de desenvolvimento econômico. “Enquanto os gestores públicos acreditarem que diminuir imposto e dar lote é política econômica, nada vai mudar. É preciso pensar em longo prazo. Palo Alto, nos Estados Unidos, não virou o Vale do Silício da noite para o dia. Temos que formar os nossos empreendedores”. José Kobori, professor de finanças públicas do Ibmec no DF, explica que a canetada do Estado sem participação do setor produtivo não é suficiente. “Em uma economia liberal, a necessidade vem muito do próprio mercado. Cabe ao empreendedor identificar nichos e vocações”.

Com o desafio de mudar o marasmo produtivo local, o novo secretário de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Arthur Bernardes, afirma que a pasta fará estudos para direcionar as políticas públicas e evitar erros. Conversas com o setor produtivo também serão realizadas. “Nosso desafio é recuperar a confiança institucional do governo com os empresários. A gente sabe também que vamos procurar uma indústria limpa e tecnológica para o DF”, afirma.

SETORES COM FORÇA DE INVESTIMENTO NO DF

» Tecnologia da informação
» Biotecnologia
» Indústria de mecânica de precisão
» Bolsa de commodities agrícolas
» Fundos de previdência complementar
» Polo logístico













http://www.correiobraziliense.com.br...da-crise.shtml
__________________
Concordou? Comente! Gostou? Comente! Discordou? Comente! Deixe sua Opinião!

Cadastre-se e Comente!
Reply With Quote
     
     
This discussion thread continues

Use the page links to the lower-right to go to the next page for additional posts
 
 
Reply

Go Back   SkyscraperPage Forum > Regional Sections > América Latina > Brasil > Regiões Metropolitanas Mundiais
Forum Jump


Thread Tools
Display Modes

Forum Jump


All times are GMT. The time now is 5:04 PM.

     

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2023, vBulletin Solutions, Inc.