SkyscraperPage Forum

SkyscraperPage Forum (https://skyscraperpage.com/forum/index.php)
-   Regiões Metropolitanas Mundiais (https://skyscraperpage.com/forum/forumdisplay.php?f=688)
-   -   Parcelamentos Urbanos e Rurais no Distrito Federal - movimentos do setor (https://skyscraperpage.com/forum/showthread.php?t=196108)

fabiano Oct 21, 2017 2:50 AM

Quote:

Originally Posted by MAMUTE (Post 7959768)
Também sempre fui contra a politica de doação de lotes sem critério ( doa-se pra quem tinha muitos familiares, deixavam vender um mês depois e ganhavam novamente e por ai vai) fora isso se fosse bem feito seria a solução:yes:

Um dos critérios deveria ser a preferência para os pioneiros e nascidos em Brasília e também acho que não deveria ser gratuito, mas, também não deveria ser um assalto, acho que um valor correspondente a no máximo 10% ou 20% da renda, estaria de bom tamanho, para pelo menos viabilizar a infraestrutura mínima do local, já que no início dos assentamentos, as únicas coisas existentes eram energia elétrica e iluminação pública e só.

pesquisadorbrazil Oct 21, 2017 9:00 AM

Quote:

Originally Posted by emblazius (Post 7959727)
Rapaz, nos anos que tenho desde de o SSC e tantos anos malhando o Roriz, hoje paro e penso:

Quem faria o metro? Quem faria a L4 sul/norte? Quem faria a Ponte JK? Quem criaria as cidades minimamente organizadas?

Me lembro que na época era muito criticado pela distribuição de lote? Bom, alguma coisa mudou em relação a hoje? nada, só que hoje temos favelas mesmo.

Depois dele só veio CAOS.

O problema se chama.... Os conservadores. Se reparar em todo processo de assentamento urbano de RORIZ, praticamente ele seguiu a RISCA o PEOT 1977. O problema foi José Aparecido inventar o tombamento. O que adiantou tombar e esquecer o principal, o meio-ambiente.

Pra min, deveria inverter, tombar o meio-ambiente e acabar com tombamento urbano e arquitetônico.

skyscraperbsb Oct 30, 2017 12:45 PM

Alguém tem informações sobre o empreendimento "complexo urbanístico aldeias do cerrado". Verifiquei que se trata de um projeto muito grande, que fica no núcleo rural nova Betânia, entre a DF 140 e a BR 251, nos fundos de São Sebastião.
Só localizei um cadastro no site da coopersefe e nada mais. Verifiquei que existe registro dos lotes e que fizeram uma estrada totalmente duplicada, com cerca de 5 km, com início na BR 251, no entroncamento com a estrada do núcleo rural nova betânia.

pesquisadorbrazil Oct 30, 2017 1:39 PM

Quote:

Originally Posted by skyscraperbsb (Post 7969628)
Alguém tem informações sobre o empreendimento "complexo urbanístico aldeias do cerrado". Verifiquei que se trata de um projeto muito grande, que fica no núcleo rural nova Betânia, entre a DF 140 e a BR 251, nos fundos de São Sebastião.
Só localizei um cadastro no site da coopersefe e nada mais. Verifiquei que existe registro dos lotes e que fizeram uma estrada totalmente duplicada, com cerca de 5 km, com início na BR 251, no entroncamento com a estrada do núcleo rural nova betânia.

Eu sei desse empreendimento, mas acho que nada pode ser feito ali, andam aguardando as LUOS, PDOT. Pois a área ainda é rural.:tup:

MAMUTE Oct 30, 2017 1:42 PM

Quote:

Originally Posted by skyscraperbsb (Post 7969628)
Alguém tem informações sobre o empreendimento "complexo urbanístico aldeias do cerrado". Verifiquei que se trata de um projeto muito grande, que fica no núcleo rural nova Betânia, entre a DF 140 e a BR 251, nos fundos de São Sebastião.
Só localizei um cadastro no site da coopersefe e nada mais. Verifiquei que existe registro dos lotes e que fizeram uma estrada totalmente duplicada, com cerca de 5 km, com início na BR 251, no entroncamento com a estrada do núcleo rural nova betânia.

N9 Google Earth da pra ver esse condômino, inclusive as estradas duplicadas:cheers:

pesquisadorbrazil Oct 31, 2017 12:01 PM

Quote:

Originally Posted by MAMUTE (Post 7969662)
N9 Google Earth da pra ver esse condômino, inclusive as estradas duplicadas:cheers:

Interessante é a total omissão do GDF. Nem com os empresários dando dinheiro para duplicara DF 001, DF 140 e BR 251, o GDF se recusa a faze-lo.:hell:

Com certeza essa duplicação fora bancada pelos empreendedores.

sxsp Oct 31, 2017 12:55 PM

Quote:

Originally Posted by pesquisadorbrazil (Post 7969660)
Eu sei desse empreendimento, mas acho que nada pode ser feito ali, andam aguardando as LUOS, PDOT. Pois a área ainda é rural.:tup:

Aldeias do Cerrado fica em Zona Urbana de Expansão e Qualificação, projeto urbanístico aprovado, lotes registrados e licença ambiental válida.

pesquisadorbrazil Oct 31, 2017 12:58 PM

Quote:

Originally Posted by sxsp (Post 7970972)
Aldeias do Cerrado fica em Zona Urbana de Expansão e Qualificação, projeto urbanístico aprovado, lotes registrados e licença ambiental válida.

Ainda não fora aprovado, tanto, que a região continua sendo RURAL.:tup: Agora quando o tal plano ser aprovado, tudo irá se tornar URBANO. Detalhe de um lado da DF 140 que fica na região administrativa de Santa Maria, é URBANA, agora do outro lado, que fica na região administrativa de São Sebastião é RURAL.:tup:

emblazius Oct 31, 2017 3:20 PM

Tem tudo no Geoportal da Segeth.

https://www.geoportal.segeth.df.gov.br/mapa/#

sxsp Oct 31, 2017 4:12 PM

Quote:

Originally Posted by pesquisadorbrazil (Post 7970976)
Ainda não fora aprovado, tanto, que a região continua sendo RURAL.:tup: Agora quando o tal plano ser aprovado, tudo irá se tornar URBANO. Detalhe de um lado da DF 140 que fica na região administrativa de Santa Maria, é URBANA, agora do outro lado, que fica na região administrativa de São Sebastião é RURAL.:tup:

Pesquisador, pesquise mais e aceite mais que as outras pessoas estão informando no fórum.
Não só digo, como atesto o que escrevi. Só pesquisar.
Parcelamento está em zona urbana, aprovado, registrado e licenciado pelo órgão ambiental.

pesquisadorbrazil Oct 31, 2017 4:33 PM

Quote:

Originally Posted by sxsp (Post 7971192)
Pesquisador, pesquise mais e aceite mais que as outras pessoas estão informando no fórum.
Não só digo, como atesto o que escrevi. Só pesquisar.
Parcelamento está em zona urbana, aprovado, registrado e licenciado pelo órgão ambiental.

Se está tudo aprovado, porque não tem OBRAS? E olha, se eu for relacionar todos os parcelamentos aprovados e licenciados e que até agora não saíram do papel.

Enquanto não aprovarem o ZEE, a região mesmo com projetos aprovados não irão sair do papel.

salengasss Nov 1, 2017 10:35 AM

Pode estar aprovado e não ter começado as obras, Pesquisa! Uma coisa não tem nada a ver com a outra!

pesquisadorbrazil Nov 1, 2017 10:52 AM

Quote:

Originally Posted by salengasss (Post 7972173)
Pode estar aprovado e não ter começado as obras, Pesquisa! Uma coisa não tem nada a ver com a outra!

Olha eu sei de vários projetos aprovados, sabe quando irão sair do papel, NUNCA, com o CAP e a legislação atual e possível reeleição de EnrolaUmBeck. Pode esquecer Tororó.:tup:

Igual o Aeroporto, tem tudo aprovado mas...

pesquisadorbrazil Dec 24, 2017 8:33 AM

Condomínios do Tororó recebem licenciamento do Ibram

O instituto fez a entrega em uma solenidade no condomínio Estância Del Rey. A Novacap também recebeu autorização para construir via na região

Moradores de dois condomínios do Tororó receberam, nesta quinta-feira (21/12), licenças de instalação do Instituto Brasília Ambiental (Ibram). Com isso, quase a metade dos condomínios da região passam a ser licenciados. São 11, de um total de 24.

A licença é obrigatória entre os quesitos para a obtenção da regularização dos lotes. Somente com o documento em mãos é possível dar entrada no pedido de escritura, junto à Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação (Segeth).

Durante a entrega dos registros aos moradores, em uma solenidade no salão do condomínio Estância Del Rey,representante do Ibram também concedeu autorização para que a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) construa via de acesso dentro do bairro Tororó, ligando a BR 251 ao Residencial Chapéu de Pedra. O objetivo é promover a integração das áreas e garantir maior segurança à população local. Aproximadamente 1,5 mil moradores serão beneficiados diretamente.

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br...do-ibram.shtml

pesquisadorbrazil Dec 24, 2017 8:34 AM

Uai pelo que sei vários empreendimentos tem licenciamento ambiental mas.... Não tem autorização do CAP para inicio das obras, pois licenciamento ambiental é uma coisa, agora o projeto é outra totalmente diferente. E essa do governo construir pistas no lugar, sei não, se faltar grana já era a pista.

sxsp Jan 18, 2018 11:38 AM

Quote:

Originally Posted by pesquisadorbrazil (Post 8028365)
Uai pelo que sei vários empreendimentos tem licenciamento ambiental mas.... Não tem autorização do CAP para inicio das obras, pois licenciamento ambiental é uma coisa, agora o projeto é outra totalmente diferente. E essa do governo construir pistas no lugar, sei não, se faltar grana já era a pista.

Parcelamento recebe a licença de instalação se o projeto de urbanismo já estiver aprovado.

pesquisadorbrazil Jan 18, 2018 7:26 PM

Quote:

Originally Posted by sxsp (Post 8050974)
Parcelamento recebe a licença de instalação se o projeto de urbanismo já estiver aprovado.

Ainda tenho minhas dúvidas, pois tem empreendimento que não vou citar, que já recebeu essa licença e até hoje nada de obras.

pesquisadorbrazil Jan 19, 2018 7:52 AM

Brasília ganhará Praça e Parque Urbano Internacional da Paz

https://nacoesunidas.org/wp-content/...z-1024x494.png
Nova ciclovia, museu a céu aberto, centros comerciais e representações diplomáticas ocuparão a área localizada no Setor de Embaixadas Norte.

Brasília ganhará a Praça e o Parque Urbano Internacional da Paz. A decisão foi anunciada em evento na Casa da ONU nesta segunda-feira (18), com a assinatura de um decreto pelo governador Rodrigo Rollemberg. A iniciativa é uma parceria do Sistema ONU no Brasil e do governo do Distrito Federal.

A região em que ficará o parque terá terrenos para embaixadas, dois centros comerciais, uma praça para exposições de obras de arte a céu aberto e uma ciclovia. O coordenador-residente do Sistema ONU no Brasil, Niky Fabiancic, informou que várias embaixadas e organismos internacionais já expressaram apoio ao parque e que a ideia é transformá-lo em um museu a céu aberto, com obras de artistas de diferentes regiões do mundo. “Estamos comprometidos para que esse novo espaço público represente, de fato, o que ele se propõe a ser: um ambiente de harmonia, confraternização, convivência.”

Considerada Patrimônio Cultural Mundial da Humanidade pela UNESCO, Brasília recebe pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo, lembrou Niky Fabiancic. “Parece-nos justo que esta cidade abrigue um parque internacional dedicado à paz entre os povos e as pessoas”, declarou.

Segundo o governo de Brasília, o parque integra a segunda etapa do Setor de Embaixadas Norte e tem por objetivo viabilizar lazer, intercâmbio cultural e promoção das relações internacionais. O parque urbano abrigará parte de uma rede pluvial, com projeto paisagístico da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e do Jardim Botânico. A expectativa é que a primeira obra do parque – uma ciclovia – seja inaugurada em março de 2018.

Brasília, a capital criada do zero no centro do país, em 1956, foi um marco na história do planejamento urbano. O urbanista Lúcio Costa e o arquiteto Oscar Niemeyer pretendiam que cada elemento – da arquitetura das áreas residenciais e administrativas (frequentemente comparadas à forma de um pássaro durante o voo) à simetria dos próprios edifícios – estivesse em harmonia com o design geral da cidade. Os edifícios oficiais são especialmente inovadores e criativos. A cidade faz parte do Patrimônio Cultural Mundial da Humanidade da UNESCO desde 1987.

Fonte:http://www.ecobrasilia.com.br/2017/1...cional-da-paz/

pesquisadorbrazil Jan 26, 2018 3:14 AM

Mais um condomínio saindo do papel na região do Tororó...

INSTITUTO DE MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS HÍDRICOS DO DISTRITO FEDERAL - BRASÍLIA AMBIENTAL
AVISO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA
O INSTITUTO DE MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS HÍDRICOS DO DISTRITO FEDERAL - BRASÍLIA AMBIENTAL - IBRAM/DF - convida a todos os interessados para a Audiência Pública de apresentação e discussão do Relatório de Impacto de Vizinhança - RIVI, referente ao licenciamento ambiental do Parcelamento de Solo Urbano inserido na Fazenda Santa Bárbara, localizado na Região Administrativa de São Sebastião RA XIV/DF de interesse da SPE VALE DAS ÁGUAS INCORPORAÇÃO E EMPREENDIMENTOS LTDA. DATA DA REALIZAÇÃO: 28/02/2018. HORÁRIO: 19h. LOCAL: Salão do Condomínio
Estância Del Rey. ENDEREÇO: Condomínio Estância Del Rey, Setor Habitacional Tororó, BR 251, Km44. Informa, ainda, que a documentação referida está à disposição do público para consulta, até a data da realização da audiência pública, no IBRAM/DF - SEPN 511, Bloco "C", Edifício Bittar - Brasília/DF, no horário de 8h às 18h e na internet no endereço: www.ibram.df.gov.br ALDO CÉSAR VIEIRA FERNANDES Presidente

Fonte:http://www.dodf.df.gov.br/index/visu...8%20SECAO1.pdf

pesquisadorbrazil Jan 26, 2018 3:16 AM

Esse projeto aqui é relacionado a audiência pública...

http://www.segeth.df.gov.br/wp-conte...0000962011.pdf


All times are GMT. The time now is 1:50 PM.

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2021, vBulletin Solutions, Inc.