SkyscraperPage Forum

SkyscraperPage Forum (https://skyscraperpage.com/forum/index.php)
-   Regiões Metropolitanas Mundiais (https://skyscraperpage.com/forum/forumdisplay.php?f=688)
-   -   Comércio e Serviços no Distrito Federal - Movimentações no Setor (https://skyscraperpage.com/forum/showthread.php?t=193980)

Saccko Feb 26, 2014 12:13 PM

Quote:

Originally Posted by don_quito (Post 6466972)
Eu quero uma STARBUCKS aqui em Brasília! Urgente!

Somos dois. Não vejo movimentação nenhuma da Inframérica e nem da Starbucks nessa confirmação. Olhei o site da Starbucks esses dias, na parte de emprego, e não há vaga nenhuma para Brasília. Só RJ e SP.

Saccko Feb 26, 2014 12:15 PM

Quote:

Originally Posted by pesquisadorbrazil (Post 6467315)
Vai ter no aeroporto, e serão nesse primeiro momento 3 cafeterias nas áreas restritas e públicas. E depois mais 2 cafeterias.

Essas outras duas seriam também no aeroporto ou você está falando de DF? Utopicamente falando, queria que abrisse uma embaixo do meu futuro prédio, em Águas Claras. Terão lojas embaixo e uma poderia ser a Starbucks hehehe :cheers:

Leopidex2005 Feb 26, 2014 4:24 PM

Porcão
 
Dono da churrascaria Porcão enfrenta 38 processos e pode perder direito à marca
Penhora já foi decidida pela Justiça, por dívida de R$ 5 milhões, contestada pela empresa
BFG quitou pagamentos atrasados para evitar nova paralisação de garçons
Prejuízo acumulado de janeiro a setembro de 2013 é de R$ 137,2 milh



RIO - Com prejuízo acumulado de R$ 137,2 milhões de janeiro a setembro de 2013 e às voltas com mais de 30 processos cíveis, o Brasil Foodservices Group (BFG), controladora dos restaurantes Porcão e Porcão Gourmet, pode perder a marca Porcão, penhorada pela Justiça para o pagamento de uma dívida de R$ 5 milhões com a Prince Comércio e Serviços Ltda, relativa a um contrato de locação no shopping Cittá América, a Barra da Tijuca.
Das 44 ações judiciais listadas pela empresa à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o “xerife” do mercado financeiro, o BFG é réu em 38. Destes, a empresa já considera metade com perda “provável”, entre eles o da penhora da marca – o que a obriga, segundo as regras do mercado, a separar recursos correspondentes aos valores em questão, o chamado “provisionamento”.
O BFG ainda contesta a decisão do processo nº 0020658-15.2011.8.19.0209 no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). Em recurso, os advogados da empresa pedem que a penhora da marca seja substituída bens da empresa, "já que a marca tem valor muito superior ao da causa”.
A empresa informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que houve uma “divergência jurídica” com a Prince em relação ao espaço onde seria instalada uma unidade do Porcão Gourmet. A administração anterior, segundo o grupo, não fez uma vistoria prévia do local, e teria recebido salas que não estavam em “perfeitas condições” para serem ocupadas por um restaurante, o que exigiria investimentos adicionais.
“O Grupo (BFG) resolveu, então, desistir da locação, fazendo uso de uma cláusula contratual que previa a rescisão automática do contrato em caso de não pagamento do aluguel. Desta forma, os advogados do Porcão alegam que não cabe um processo de execução de dívida, pois não pode haver dívida de um contrato rescindido. O Grupo não fez qualquer obra no imóvel e solicitou à Justiça a perícia para comprovar o estado das salas. O pedido foi deferido, mas a perícia ainda não foi realizada”, explicou a empresa.
Proprietária também dos restaurantes Garcia&Rodrigues, a empresa informou que está passando por uma reestruturação, que vai ajudar a “reequacionar o quadro”, e irá “adotar medidas como a conversão de debêntures em capital, aumentando faturamento”.
Cobranças mútuas de dívidas
A atualização mais recente dos dados relatados à CVM foi feita em 20 de dezembro do ano passado. Não inclui, portanto, cobrança de R$ 30 milhões feita pela família Mocellin. Consulta ao sistema do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) mostra que a antiga proprietária da rede Porcão tem em execução um título de dívida contra o BFG no processo 0004002-75.2014.8.19.0209, distribuído no último dia 11.
O GLOBO entrou em contato com a família Mocellin, que se recusou, por meio de sua assessoria de imprensa, a comentar o caso. O BFG, também por meio de sua assessoria, contestou a suposta dívida:
“O Grupo BFG não possui qualquer dívida com a família Mocellin. É, na verdade, credor. No processo nº 0404430-68.2013.8.19.0001, o Grupo BFG cobra multa pelo descumprimento de cláusula do contrato de compra e venda das ações pela família Mocellin”.
Dívidas trabalhistas até 2016
O BFG registra ainda R$ 32 milhões em dívidas por acordos trabalhistas relativos a horas extras, feriados e outros benefícios não pagos, bem como integração das gorjetas aos salários. A previsão do grupo é que estes pagamentos sejam feitos a partir deste ano até meados de 2016.
As informações repassadas à CVM mostram um lote de 112 ações trabalhistas que deverão custar R$ 17,4 milhões ao longo de 2014; outros 316 processos resultarão em mais R$ 15,4 milhões entre o fim deste ano e meados de 2016.
A empresa informou ao regulador do mercado financeiro que “grande parte dos processos trabalhistas, já estavam em curso ou referem-se ao período anterior a aquisição do negócio” e que tem investido para “mitigar as questões trabalhistas que se acumularam ao longo do período de operação comercial dos estabelecimentos”.
Empresa paga atrasados e evita greve
As dificuldades financeiras da empresa têm afetado o atendimento, diz o presidente do Sindicato dos Garçons do Rio de Janeiro (Sigabam), Antônio Ângelo.
— Desde que houve a mudança de controle, a rede começou a ter problemas em todas as unidades, principalmente atrasos de salários e de comissões. A própria qualidade dos produtos caiu, segundo os próprios relatos dos trabalhadores — diz.
Insatisfeitos com a situação, garçons da churrascaria chegaram a convocar, na semana passada, uma nova paralisação, semelhante à realizada em março do ano passado – que resultou na demissão de pelo menos 16 funcionários. A empresa agiu rapidamente para evitar a greve, contou um garçom que pediu para não ser identificado, por medo de represálias.
— No ano passado, houve um acordo, que eles cumpriram até julho deste ano, depois voltamos a ter problemas. Mas na quinta-feira eles pagaram os atrasados e convocaram uma reunião urgente na sexta-feira para avisar que estava tudo certo, não precisava ter greve, e prometeram que não ia mais se repetir. O pessoal resolveu dar mais um voto de confiança — explicou.
O BFG confirmou o pagamento dos atrasados, mas não informou o período de atraso, nem que dívidas foram quitadas:
“A empresa passa por um processo de reestruturação que em determinado momento, implicou no atraso de alguns pagamentos. Isso já foi superado e os compromissos estão todos regularizados”.

Leopidex2005 Feb 26, 2014 4:26 PM

Porcão
 
Ou seja, o problema do Porcão não é somente o reajuste de aluguel do Clube de Engenharia. Os problemas são de ordem estrutural e a crise bem mais profunda.

pesquisadorbrazil Feb 26, 2014 7:34 PM

Quote:

Originally Posted by Saccko (Post 6469038)
Essas outras duas seriam também no aeroporto ou você está falando de DF? Utopicamente falando, queria que abrisse uma embaixo do meu futuro prédio, em Águas Claras. Terão lojas embaixo e uma poderia ser a Starbucks hehehe :cheers:

Todas no aeroporto até abril. Apesar que vai ter em outros locais, mais quais, podemos imaginar que sejam nos bairros de classe A e B e também nos principais shoppings do mesmo seguimento. Digo isso numa primeira fase, depois espalha.

pesquisadorbrazil Feb 26, 2014 7:37 PM

Quote:

Originally Posted by Leopidex2005 (Post 6469333)
Ou seja, o problema do Porcão não é somente o reajuste de aluguel do Clube de Engenharia. Os problemas são de ordem estrutural e a crise bem mais profunda.

Eu sabia de algo a respeito, até estranhei o fato da outra churrascaria do grupo que seria aberta no Boulevard Shopping, a Garcia & Rodrigues sequer saiu do papel e o shopping fez um distrato e colocou no lugar o Burger King que ainda vai inaugurar.

Portanto o BFG propriedade do Porcão, Garcia & Rodrigues está com problemas no Brasil inteiro. Eu não estranho que rapidamente o Fogo de Chão ou outra churrascaria venha ficar no lugar.

MAMUTE Feb 27, 2014 11:19 AM

Preços abusivos estarão na mira do Procon durante Copa do Mundo




Preços de hotéis, bares e restaurantes serão monitorados pela Secretaria Nacional do Consumidor


A Secretaria de Turismo do Distrito Federal e o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) firmaram parceria para atuar durante a Copa do Mundo de 2014. Durante a 38º Reunião Ordinária do colegiado do Conselho de Desenvolvimento do Turismo do Distrito Federal (Condetur), no início da semana, o Procon apresentou um plano de atuação para o período do evento.

Entre as propostas apresentadas pela assessora técnica do Procon, Sofia Ayres, estão: postos estratégicos para realizar o atendimento à população, monitoramento de preços tanto de hotéis, quanto de estabelecimentos comerciais, pela Secretaria Nacional do Consumidor (entidade ligada ao Ministério da Justiça), plantão fiscal para atender demandas específicas relacionadas à Copa 2014.

"Não podemos prejudicar os frequentadores habituais dos estabelecimentos por conta do grande evento", destacou Sofia Ayres.

Os membros do Condetur mostraram grande interesse nas ações. "Se as agências e operadoras de turismo se unirem em parceria com o Procon, isso beneficiará o destino e o consumidor final: o turista", disse a presidente da Associação Brasiliense de Receptivo (Abare), Beatriz Borges.

Brasil Original

Também durante a reunião, as representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a consultora, Malba Aguiar, e a gerente, Auxiliadora Gonçalves, apresentaram o estudo iconográfico do Distrito Federal. O documento faz parte do projeto "Brasil Original", que aprimora o uso, em peças que servem de recordação aos visitantes, de imagens que remetem à Brasília.

"É impressionante o uso destes ícones, para nós que moramos em Brasília tem significados únicos, como por exemplos, as tesourinhas", disse o secretário de Turismo em exercício, Geraldo Bentes.

Os conselheiros se mostraram animados com a aplicação dos símbolos de Brasília em bolsas, camisas, almofadas, utensílios domésticos. Entre os ícones apresentados pelo estudo estão: o Catetinho, a Caixa D´água de Ceilândia, a Praça do Relógio de Taguatinga, o Clube do Choro e o Teatro Nacional e outros.

"Sem dúvida, esse estudo possibilitará um desenvolvimento criativo e inovador. O que reflete em um produto de qualidade, que pode até ser apresentado em feiras e eventos junto ao trade de Turismo. Fiquei feliz com o que vi aqui", disse o secretário-executivo do Brasilia Convention Bureau, Delfim da Costa.

Entre os dias 14 e 16 de abril, o Sebrae realizará uma exposição de peças no Estádio Nacional Mané Garrincha.








http://www.jornaldebrasilia.com.br/n...copa-do-mundo/

pesquisadorbrazil Feb 27, 2014 6:11 PM

Quote:

Originally Posted by MAMUTE (Post 6470984)
Preços abusivos estarão na mira do Procon durante Copa do Mundo




Preços de hotéis, bares e restaurantes serão monitorados pela Secretaria Nacional do Consumidor


A Secretaria de Turismo do Distrito Federal e o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) firmaram parceria para atuar durante a Copa do Mundo de 2014. Durante a 38º Reunião Ordinária do colegiado do Conselho de Desenvolvimento do Turismo do Distrito Federal (Condetur), no início da semana, o Procon apresentou um plano de atuação para o período do evento.

Entre as propostas apresentadas pela assessora técnica do Procon, Sofia Ayres, estão: postos estratégicos para realizar o atendimento à população, monitoramento de preços tanto de hotéis, quanto de estabelecimentos comerciais, pela Secretaria Nacional do Consumidor (entidade ligada ao Ministério da Justiça), plantão fiscal para atender demandas específicas relacionadas à Copa 2014.

"Não podemos prejudicar os frequentadores habituais dos estabelecimentos por conta do grande evento", destacou Sofia Ayres.

Os membros do Condetur mostraram grande interesse nas ações. "Se as agências e operadoras de turismo se unirem em parceria com o Procon, isso beneficiará o destino e o consumidor final: o turista", disse a presidente da Associação Brasiliense de Receptivo (Abare), Beatriz Borges.

Brasil Original

Também durante a reunião, as representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a consultora, Malba Aguiar, e a gerente, Auxiliadora Gonçalves, apresentaram o estudo iconográfico do Distrito Federal. O documento faz parte do projeto "Brasil Original", que aprimora o uso, em peças que servem de recordação aos visitantes, de imagens que remetem à Brasília.

"É impressionante o uso destes ícones, para nós que moramos em Brasília tem significados únicos, como por exemplos, as tesourinhas", disse o secretário de Turismo em exercício, Geraldo Bentes.

Os conselheiros se mostraram animados com a aplicação dos símbolos de Brasília em bolsas, camisas, almofadas, utensílios domésticos. Entre os ícones apresentados pelo estudo estão: o Catetinho, a Caixa D´água de Ceilândia, a Praça do Relógio de Taguatinga, o Clube do Choro e o Teatro Nacional e outros.

"Sem dúvida, esse estudo possibilitará um desenvolvimento criativo e inovador. O que reflete em um produto de qualidade, que pode até ser apresentado em feiras e eventos junto ao trade de Turismo. Fiquei feliz com o que vi aqui", disse o secretário-executivo do Brasilia Convention Bureau, Delfim da Costa.

Entre os dias 14 e 16 de abril, o Sebrae realizará uma exposição de peças no Estádio Nacional Mané Garrincha.








http://www.jornaldebrasilia.com.br/n...copa-do-mundo/

Piada, eles não conseguem nem tabelar enterro, vão querer tabelar diária de hotel, passagem aérea? Piada.

Jota Mar 1, 2014 5:40 PM

Ontem fui a primeira vez ao Nau, muito bom! Recomendo, lugar bonito, otimo atendimento. Caro, claro, mas acho que vale a pena (de vez em quando).

3 casais, saiu basicamente 200 pilas por casal, mas pedi esse pratinho aqui:

http://site.naufrutosdomar.com.br/_p...ndex/0/7_0.jpg

Só comi ele, nem toquei no arroz....:haha:

pesquisadorbrazil Mar 1, 2014 9:12 PM

Quote:

Originally Posted by Jota (Post 6474703)
Ontem fui a primeira vez ao Nau, muito bom! Recomendo, lugar bonito, otimo atendimento. Caro, claro, mas acho que vale a pena (de vez em quando).

3 casais, saiu basicamente 200 pilas por casal, mas pedi esse pratinho aqui:

http://site.naufrutosdomar.com.br/_p...ndex/0/7_0.jpg

Só comi ele, nem toquei no arroz....:haha:

Jota não mostra isso para o Sale, ele fica nervoso com um prato desses.:runaway:

salengasss Mar 2, 2014 3:15 PM

EU ADORO O NAU!!!!!!!! SÓ ISSO! :cheers:

Jota Mar 2, 2014 7:41 PM

É frutos do mar na chapa, 182 pilas! Mas vale a pena em uma ocasião especial, no caso aniversario da patroa.....:haha:

salengasss Mar 2, 2014 8:31 PM

Quote:

Originally Posted by Jota (Post 6475820)
É frutos do mar na chapa, 182 pilas! Mas vale a pena em uma ocasião especial, no caso aniversario da patroa.....:haha:

Se vc levar sua senhora no bar do Piauí no dia do aniversário, vc vai dormir na sala por 1 ano! :haha: :haha:

pesquisadorbrazil Mar 2, 2014 10:58 PM

Quote:

Originally Posted by salengasss (Post 6475873)
Se vc levar sua senhora no bar do Piauí no dia do aniversário, vc vai dormir na sala por 1 ano! :haha: :haha:

Uai mizifi, aconteceu contigo isso. kkkk

emblazius Mar 3, 2014 12:50 AM

Alguém percebeu que a obra na saída da ponte JK, sentido Plano Piloto > Lago Sul parece estar abandonada. Vocês sabem o que será cinstruido ali? Os pilares e cintas parecem de obra mal feita, tudo torto. Me lembro de passar na época da concretagem e acredito que as formas trabalharam muito. Certos pontos parece que selou.

pesquisadorbrazil Mar 3, 2014 1:05 AM

Quote:

Originally Posted by emblazius (Post 6476175)
Alguém percebeu que a obra na saída da ponte JK, sentido Plano Piloto > Lago Sul parece estar abandonada. Vocês sabem o que será cinstruido ali? Os pilares e cintas parecem de obra mal feita, tudo torto. Me lembro de passar na época da concretagem e acredito que as formas trabalharam muito. Certos pontos parece que selou.

Ali seria uma obra polêmica da Caesb, os moradores foram contra, e aí paralisaram a obra. Será isso?:shrug:

pesquisadorbrazil Mar 3, 2014 11:57 AM

Classe operária da picanha

Este folheto convoca garçons e outros funcionários para aderirem a uma greve nas churrascarias Porcão, do Rio, marcada para o próximo dia 15.
Os funcionários alegam estar com salários e férias atrasados, além de bloqueio no plano de saúde.

http://oglobo.globo.com/blogs/arquiv...hetoporcao.jpg

Fonte

pesquisadorbrazil Mar 6, 2014 7:50 AM

Conversando ontem com o gerente da Caltabiano, em breve (ainda nesse trimestre) será inaugurada a concessionária Jaguar em Brasília, ela será no SIA. Novidades em breve.

pesquisadorbrazil Mar 8, 2014 10:48 PM

Ponto Natural chega a Brasília na próxima quinta-feira (13)

Marca de alimentação saudável e bem-estar possui 29 anos de experiência no mercado de qualidade de vida e inaugura sua primeira unidade em Brasília, na 215 Norte

A rede Ponto Natural, há quase 30 anos no mercado de alimentação saudável e bem-estar, chega a Brasília no próximo dia 13 de março, na 215 Norte, onde inaugura a sua 19ª loja no país. A marca já se tornou um diferencial em qualidade e atendimento, com suas lojas espalhadas pelas regiões Sudeste e Sul.

A Ponto Natural Brasília fica instalada na SHCH CL, Quadra 215, Bloco C, Loja 29, 33, térreo e será comandada pelos jovens empresários e esportistas Ana Luisa Fraga (27) e Gabriel Politi (25). Ambos são veteranos na área de saúde e bem-estar. Ana Luisa foi atleta profissional de Handebol por 11 anos, com passagem pela seleção de Brasília e medalhista no Campeonato Brasiliense de Judô. Já Gabriel Politi é formado em Educação Física e foi atleta profissional de Futebol em diversas bases, como Legião, Gama e Brasiliense. Assim como Ana, também foi jogador de Handebol na seleção de Brasília.

“A Ponto Natural era algo que o mercado de Brasília, um grande consumidor de saúde e bem-estar, precisava para auxiliar nesse estilo de vida. A marca é conhecida por ser diferenciada, completa e dinâmica. Ofereceremos uma enorme variedade de produtos voltados para os interessados em melhorar sua qualidade de vida”, afirma a sócia da unidade de Brasília, Ana Luisa Fraga.

A loja terá 55 metros quadrados e contou com investimentos de R$ 165 mil. No local, os clientes poderão apreciar todos os produtos que já fazem sucesso nas demais unidades da rede: itens naturais, diet, light, zero glúten, zero lactose, alimentos funcionais e orgânicos, além de produtos exotéricos, revistas, livros e presentes, entre outros itens.

“Um diferencial importante que a loja de Brasília oferecerá aos seus clientes é a grande variedade de produtos a granel. Assim, os clientes podem experimentar, escolher e comprar a quantidade que desejarem”, explica o sócio Gabriel Polit. “A loja tem um projeto arquitetônico único e agradável, que recria e resgata as relações calorosas dos tempos dos armazéns”.

O maior diferencial da marca Ponto Natural é sua longevidade, desde uma época em que produtos naturais ainda não eram difundidos. Está no mercado há 29 anos (nasceu em Franca, interior de SP) e há dois atua no modelo de negócio franchising. Ou seja, a empresa oferece o que realmente sabe fazer, com a experiência de gerir o negócio repassada diretamente aos franqueados.

As consultoras de saúde que trabalham no estabelecimento prestam um atendimento com conhecimento profundo sobre os produtos e seus benefícios, divulgando também receitas e dicas de nutrição. Nutricionistas presentes nas lojas orientam os clientes sobre os produtos mais adequados às suas necessidades. A marca oferece ainda uma linha própria exclusiva de produtos, desenvolvidos a partir das necessidades dos consumidores, no centro de Nutrição e Saúde.

Além de unidade em Brasília, a empresa já conta com outras 18 abertas: três em Franca (SP), Ribeirão Preto (SP), Bragança Paulista (SP), Orlândia (SP), Amparo (SP), Belo Horizonte (MG), Poços de Caldas (MG), Unaí (MG), Paracatu (MG), Juiz de Fora (MG), Niterói (RJ), Florianópolis (SC), Blumenau (SC), São José (SC), Porto Alegre (RS), Recife (PE).

Sobre a Ponto Natural

A Ponto Natural é uma franquia de produtos naturais que alimenta o bem-estar das pessoas, desde 1985. Oferece uma grande variedade de produtos diet, light, zero glúten, zero lactose, alimentos funcionais e orgânicos, além de produtos esotéricos, revistas, livros e presentes, entre outros. Além de trabalhar com as melhores marcas do segmento, a Ponto Natural oferece uma grande variedade de produtos a granel. Os clientes podem experimentar, escolher e comprar a quantidade que desejarem. As consultoras de saúde que trabalham no estabelecimento prestam um atendimento com conhecimento profundo sobre os produtos e seus benefícios, divulgando também receitas e dicas de nutrição. Nutricionistas presentes nas lojas orientam os clientes sobre os produtos mais adequados às suas necessidades. A marca oferece ainda uma linha própria exclusiva de produtos, desenvolvidos a partir das necessidades dos consumidores, no centro de nutrição e saúde.

SERVIÇO: PONTO NATURAL

Facebook: www.facebook.com/pontonatural

Youtube: www.youtube.com/pontonaturalfranquia

Twitter: www.twitter.com/pontonatural

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília

Fonte

pesquisadorbrazil Mar 8, 2014 10:53 PM

O Sale está com ums kilos a mais devido o carnaval gordo, estou sabendo mizifi... kkk Precisa entrar numa dieta.


All times are GMT. The time now is 7:07 PM.

Powered by vBulletin® Version 3.8.7
Copyright ©2000 - 2023, vBulletin Solutions, Inc.